#

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Um apelo à consciência

A propósito das fotos do meu último "foi o melhor que se arranjou", as minhas pobres pernas foram vitimas de alguns ataques por parte de, penso eu, seres perfeitos. Desconfio que isso exista, mas face alguns comentários começo a ponderar a hipótese da existência da perfeição (not, not, not). Podia partilhar aqui algumas das pérolas, mas vou poupar-me a esse trabalho, posso dizer que andava tudo à volta do "tens-pernas-gordas-e-feias-e-devias-ter-vergonha" (ahahahahah).

Ora, não sou pessoa convencida, a sério que não, mas se há coisa que posso gabar no meu corpo são, precisamente, as pernas. Aliás, que todos os meus problemas fossem "pernas". E se aceito perfeitamente que alguém possa não gostar do meu estilo de perna, bem definida, dizerem-me que são GORDAS, isso mesmo, G-O-R-D-A-S, já me choca bastante. Não me atinge como mulher, mas choca-me.

Tudo isto fez-me recordar a polémica que houve em torno do (belo) corpo da actriz Jessica Athayde aquando o desfile da Moda Lisboa, não com a mesma escala óbvio, mas fez. E há aqui um grave problema em comum que importa reflectir sobre o mesmo. O problema da ditadura da imagem. Quem diz ditadura da imagem diz ditadura da moda.

A sociedade está nitidamente presa a padrões de beleza, estereótipos criados que nos tornam escravos da nossa imagem. Padrões esses que desde sempre foi a moda quem ditou. São regras rígidas de beleza que são vistas como metas a atingir, custe o que custar, mas nem sempre são alcançáveis.
Fazendo um pequeno paralelismo, pergunto: o que é que acontece numa ditadura? Como sabem, quem não segue os padrões impostos pode ser preso e/ou torturado. Na ditadura da imagem/moda é mais ou menos a mesma coisa, já que quem não segue os seus padrões é olhado de lado, julgado e até atacado. Ataques psicológicos que podem ter graves consequências, a prova disso são os inúmeros casos de anorexia, bulimia, depressão, entre outros. Resumindo o problema (não a importância), quem não segue os ditos padrões é torturado psicologicamente pela sociedade e fica preso à sua imagem, ou melhor, à imagem que pretende alcançar.

A par deste problema da tal ditadura da imagem há um outro subjacente, não menos importante. O problema da relação entre as mulheres (ME-DO). Ironicamente ou não, são as próprias mulheres as primeiras a apontar o dedo, a julgar e a tecer criticas ferozes a outros elementos do mesmo sexo, o que me deixa envolvida numa série de questões. Mas porquê? Porquê é que as mulheres não são mais unidas? Mais solidárias entre si? Porquê é que são tão cruéis entre si? Porquê atacar? Porque é que as mulheres não se defendem ao invés de se atacarem? Porque é que não se apoiam umas às outras? Porquê "olhares redutores"? Porquê enfraquecer a condição feminina? Será que tem a ver com questões de superioridade? Será que quem ataca sente-se mais superior? Será que o ataque é uma forma de descarregar frustrações? Será que alivia? Ou será que essa sensação de alivio é efémera e só torna a pessoa ainda mais amarga?

Este blog, pequeno ou não, é lido por mulheres. Mulheres essas de personalidade forte ou não, com auto-estima elevada ou não, seguras de si ou não, e por aí adiante. E o que eu peço, no mínimo e como mulher, é consciência. Porque se o objectivo de uma pequeníssima parte é atacar a autora deste blog (me myself), lembrem-se que poderão estar a afectar outras pessoas que não eu. Porque se eu sou uma pessoa segura, se não tenho problemas de auto-estima e se este tipo de ataques passam-me ao lado, posso ter leitoras que não encaram a situação da mesma forma. Posso ter leitoras inseguras do seu corpo e de baixa auto-estima que, tendo a perfeita consciência que não tenho a perna gorda, ou sendo mais cheiinhas do que eu, podem ficar bastante sensibilizadas ao lerem este tipo de comentários que não passam de pura maldade. Pode mesmo contribuir para a baixa auto-estima, deixá-las ainda mais frágeis face ao seu corpo e com o terrível pensamento "mas se dizem que ela é gorda, o que é que vão dizer de mim??". Sim, porque hoje em dia é dada imensa importância ao que se diz. Por isso, lembrem-se que quando atacam as características físicas de outra mulher estão a criar inseguranças, distúrbios psicológicos e até mesmo desordens alimentares. São ataques completamente desnecessários e que não acrescentam nada de bom a ambas as partes.

Não queria mesmo deixar que esta situação passasse em branco. Não por mim, mas por quem está desse lado e que possa sofrer deste tipo perseguição no seu dia-a-dia. Nunca se esqueçam que a nossa felicidade não pode depender de termos um corpo bonito aos olhos da sociedade. Bonito... Mas quem é que define o que é bonito ou deixa de ser? Deve ser o mesmo sujeito que diz que aquela pessoa não tem estilo, nem gosto em se vestir. Tudo muito subjectivo, portanto. E uma questão de respeito também.
Sejam felizes. Gordas, magras, altas ou baixas, mas sejam felizes e sintam-se bem com vocês mesmas. Mais importante que o exterior é o interior de cada um de nós.

24-09-2013 15-51-22

92 comentários:

  1. E pronto, mais uma publicação com inspiração na Pipoca Mais Doce, só faltava chamar-se "Blog meu, blog meu, haverá comentador mais parvo do que o meu"! Quando admites que és a fã n.º1?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei se haverá comentador mais parvo do que o meu, mas de certeza que você está na fila da frente (mas parvo é pouco).

      Eliminar
    2. Certamente o fã n.º 1 é o anónimo do comentário principal lol Qu chatos, pá!

      Eliminar
    3. Siiiim, pq a Pipoca foi a primeira pessoa no mundo a fazer comentários para os haters... Que pessoal tão sem noção! Olha, acho que Jessica Athayde tb fez uma coisa destas... Confessa Gata, tu és fã é da Jessinha!!! Please...

      Eliminar
    4. Já cá faltava a comparação com a Pipoca. É o que dá os anónimos serem parvos em ambos os blogues (e em mais...) ;)
      Gata, estou de acordo contigo. É triste mas é a realidade. É o prazer de dizer mal por dizer e de mandar abaixo só porque sim. É gente muito tacanha e invejosa... Enfim.

      http://janeiroemparis.blogspot.pt/

      Eliminar
    5. Eu costumo seguir o teu blog, não costumo comentar, mas leio a maior parte dos comentários que fazem e alguns comentários chegam a fazer-me raiva de perceber que há gente que só se sente bem em fazer comentários depreciativos e a serem sempre do contra. E o que ainda me mete mais confusão, é esta gente achar que a pipoca é dona da razão, só ela pode escrever determinadas coisas e se por acaso alguma outra alminha falar de algum assunto que ela já tenha abordado, ou fazer posts como este,já a estão a copiar. É absurdo, é mesquinho e é gente que tem uma #uta de uma grande inveja. A pipoca não é a dona da razão, não é a única Blogger por isso é mais que normal que se abordem temas parecidos, porque são temas comuns a toda a gente. Esta rapariga tem sido bombardeada com comparações à pipoca, e isso só me faz querer que a gata é então uma boa Blogger, e sinceramente acho o blog da gata bem mais próximo da realidade da maior parte das mulheres do que o da pipoca. Não deixando o da pipoca ser um ótimo blog

      Eliminar
    6. Santa estupidez! Há de me explicar onde, ONDE é que este post é igual ao da pmd! A pipoca esteve ali a analisar um comentário, a justificar cada ponto e virgula. A gata fez (e muito bem) uma chamada de atenção ao nosso comportamento enquanto mulheres! Concordo 1000% contigo gata! Nem vou pela inveja, porque acho que a questão é mesmo a maldade das pessoas. As mulheres não se apoiam, pelo contrário, derrubam-se! É triste.
      :*

      Eliminar
  2. Infelizmente é a mais pura realidade nos dias que correm. A sociedade é cada vez mais egoísta e invejosa. Só se está bem a criticar e maldizer o outro. A deitar abaixo e a ver o copo meio vazio. E enquanto assim for a sociedade apenas há de regredir ao invés de evoluir. Cada um é como cada qual e, acredito, faz o que está ao seu alcance para ser o melhor que pode e conseguir. E o resto é conversa!
    Beijinho
    Cris

    www.lima-limao.pt

    ResponderEliminar
  3. E quem fala assim não é gago! Muito bem Gata!
    Eu, que sou eu, que tenho um blog ainda recém-nascido, bebé, minúsculo e insignificante (apenas em termos de números, não de conteúdo) já tenho comentários de pessoas que não devem ter mais nada para fazer na vida e pensam: "Qual é o blog que eu vou atacar hoje? Pode ser este". Gentinha sem vida! O melhor é ignorar. Porque não é o tipo de comentário de opinião, sem maldade. Não! Cada vez mais as pessoas procuram descarregar a raiva e a infelicidade delas nos outros. Sabes o que te digo? Manda-os passear! Quem tem medo, compra um cão, quem tem raiva, que arranje um saco de boxe e deixe de chatear os outros!

    ResponderEliminar
  4. Concordo a 100%. É incrível como as pessoas estão sempre a querer rebaixar as outras sejas magras ou gordas.

    ResponderEliminar
  5. Nem tive paciência para ler o texto todo... agora, não sendo tu gorda, que as últimas calças não te favoreciam? Facto. Que tens um formato de perna um pouco roliço? Facto. Que ficam com uma proporção estranha para a tua altura e resto do corpo? Facto.

    Se lhes queres chamar "tonificadas", é lá contigo, mas que esteticamente não ficam bonitas, é só mais um facto a juntar aos de cima.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olhe que o anónimo devia ter tido paciência para ler o texto, talvez aprendesse alguma coisa. Mas acredito que os seus neurónios não permitem ler mais de duas linhas.

      Eliminar
  6. Não és gorda (longe disso) mas tens as caracteristicas típicas da mulher portuguesa: perna curta e coxa grossa. Na maior parte das vezes sabes tirar partido disso, nas últimas fotos nem por isso. Os jeans estavam demasiado apertados e as botas de cano baixo e demasiado largo encurtavam-te muito as pernas e confundiam as proporções. Todas temos dias menos bons. Quem só faz um comentário para dizer que estás gorda é idiota, pode-se discordar do look, apresentar alternativas ou avaliar criticamente insultar só porque sim é ser mal formado e infelizmente cada vez mais frequente na blogosfera nacional.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL Isto é de loucos!! Conheço a Gata pessoalmente pelo que estou em perfeitas condições para opinar sobre as suas pernas ESCULTURAIS. A Gata tem tudo menos perna curta e grossa!!! Tem perna alta, fina MAS TRABALHADA. E uma perna trabalhada não é sinónimo de grossa!! Se as pernas dela não fossem tonificadas como são, ia parecer que tinha uns canivetezinhos, uma vez que ela é alta e magra.

      Eliminar
    2. Credo! Eu também a conheço pessoalmente e GARANTO que se há coisa que ela não tem é perna alta. Longe disso! É uma miúda gira, sem senhora, MUITO simpática, bonitinha sem ser deslumbrante, mamas pequenas, bom rabo, sem barriga, pernas normais, cabelo bonito.

      Eliminar
    3. P., provavelmente se é homem e se é alto, achará que as pernas não são altas. Ou então é mulher e é alta. Pq a portuguesinha normal tem à volta do 1,60m e a Gata tem um pouco mais (1,69m), logo tem a perna mais alta que o normal.

      Eliminar
    4. Eu tenho 1,68m e curvas, logo, estou longe de ter a "perna alta, fina"... acho que é uma perna normal. A Gata, com essa estatura e curvas "artificiais" (ou seja, vê-se que podia ser uma miuda magrela, mas que faz ginásio para não ser), fica com a coxa grossa e desproporcional ao resto do corpo.

      Eliminar
    5. É com cada teoria que eu nem sei... Eu tenho 1,71m, peso 57 kg, posso dizer que tenho a perna alta (e talvez tenha um tronco muito pequeno ahahah), mas tenho a perna fina. Por mais que faça ginásio a perna não engrossa. Tonifica, mas não engrossa (e eu também não quero, verdade seja dita). Agora dizerem que a Gata quer engrossar as pernas, ter curvas "artificiais" é só estúpido porque cada pessoa tem o seu metabolismo.
      E Gata, acho mesmo que o grande problema aqui foi a roupa, de saia não há nada a apontar.

      Eliminar
    6. Portanto..... A gata faz um apelo à consciência do comportamento da sociedade, e vossas excelências continuam a falar das pernas? Pois olhem, eu tenho 1,64, peso 85 kilos. Sou roliça, fofinha e M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A!! E todas nós o somos, cada uma à sua maneira! ;)

      Eliminar
  7. Vamos mudar de assunto! Fala de férias, em sítios bonitos na lua-de-mel por exemplo.
    Não devias de dar tanta importância às pessoas. ELAS NÂO MERECEM!

    ResponderEliminar
  8. Só me apraz dizer duas coisas:

    1º Criticar a ditadura da moda e ter um blog de moda? Sério?
    2º "Porque se eu sou uma pessoa segura, se não tenho problemas de auto-estima e se este tipo de ataques passam-me ao lado" Não, não e não. Sabes bem que não é assim, não sabes?
    3º As pernas não são gordas. São demasiado "entroncadas" nas coxas. Não ficam bem em calças demasiado justas. Se gostas, óptimo. Não temos todos de gostar do mesmo. Vive com isso.
    4º Continuas demasiado preocupada com o que dizer de ti quando o fazem pela negativa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Criticar a ditadura da moda e ter um blog de moda? A sério que fizeste essa comparação? LOOOOOL Então ter um blog de moda significa que a blogger é a favor da critica aos CORPOS das mulheres, de apontar o dedo às pessoas que sofrem de excesso de peso, da anorexia, da bulimia e de tudo o que envolver pôr abaixo uma mulher. Das duas uma, ou não percebeste o teor do post ou és só mais um parvo.

      Eliminar
    2. anónimo querido...sê corajoso e ao menos diz-nos o teu nome. Assim é feio...

      Eliminar
    3. Sim, porque NR é um nome espetacular e consigo perceber perfeitamente quem é...

      Assinado: Felipe Juan Pablo Alfonso de Todos los Santos de Borbón y Grecia

      Eliminar
    4. Este NR além de parvo, parece que não sabe contar tb ahahah

      Eliminar
    5. Isto é um blog de moda? a serio? Na minha prespectiva e apenas o blog de uma miúda gira por sinal que quer partilhar algumas coisas suas.

      Ana

      Eliminar
    6. Interessantissimo...de repente surge o efeito matilha e começam a insultar pessoas.

      Eliminar
  9. Antes de comentarem as pernas das pessoas instruam se para saber a diferença entre pernas "roliças" como alguém chamou acima e pernas tonificadas.
    O que vale é que as mulheres portuguesas são todas maravilhosas com corpos de babar como os que se vêem na praia (not) e depois criticam quem evidentemente trabalha e tem um corpo que gostariam de ter. Inveja é tão feia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porque é que se está a criar a ideia, por parte dos maluquinhos do fitness, que as mulheres têm inveja deste tipo de corpo? Lamento, mas não. Vou ao ginásio, faço determinados exercícios, tenho cuidado com a alimentação, etc... mas não procuro certamente este tipo de "tonificação". Fica mal. Especialmente a mulheres de perna curta e grossa, como já mencionaram acima.

      Eliminar
    2. Fica mal na sua "modesta" opinião caro anónimo. Eu também gosto de homens musculados e muitas amigas minhas dizem que gostam de homens menos definidos. São gostos, e as pessoas não saem de um catálogo com modelos predefinidos de pernas, barriga ou cara. Haja paciência para pessoas que acham que a sua opinião devia vir num livro e todos deviam dizer "Amén" ao que dizem.

      Eliminar
    3. 1ª dúvida: o que são os maluquinhos do fitness? (será que se refere àqueles dedicados ao seu objetivo que os leigos rotulam de obcecados?)
      2ª dúvida: Como sabe que TODAS as mulheres não têm inveja daquele tipo de corpo e onde está escrito que este tipo de ''tonificação'' (agora já há tipos, cada vez aprendo mais), fica mal?
      Devia falar por si. Eu acho esteticamente bonito abdominais marcados numa mulher, quadríceps definidos (como provavelmente a Gata terá), dorsais recortados, ombros arredondados. Se isso a torna menos feminina, como muitas adeptas dos corpos magros e delgados fazem crer? Não. Não na minha opinião, muito pelo contrário.

      Eliminar
    4. Parece-me uma discussão de mulheres mas eu como homem vou deixar-vos a minha opinião.
      Odeio corpos de mulheres magros. Odeio pernitas e rabitos flácidos... Para mim a mulher quer-se com curvas e se há coisa que aprecio numa mulher são umas boas pernas e um rabo no sitio, confesso que nem ligo mt a mamas. Mas gosto de pernas assim tonificadas como as desta rapariga (e tbm parece ter um bom rabiosque, mas se faz mts agachamanetos não é de admirar).

      Eliminar
  10. Gata agora é que escreves-te uma grande verdade!

    Nasci na Venezuela estive la muitos anos, e posso dizer que do que tenho mais saudades são das pessoas. Não que sejam melhores do que aqui, mas acho que eram diferentes.
    Podiam ter mil problemas que eram felizes, podiam até morar em bairros que eram felizes. Aqui as pessoas não podem ver que a "vizinha do lado" tem uma coisa melhor que eles, porque começam logo a mal dizer....

    Neste momento a Venezuela esta a passar por uma má fase, graças ao governo. A criminalidade aumentou bastante. E não voltaria para la, mas que tenho saudades (da Venezuela antigamente, e não a da agora) tenho.

    Beijinhos**

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah claro, a Venezuela é claramente o exemplo a citar neste post xD o país onde mais mulheres aumentam o peito e são doidas por concursos de beleza e alteram-se todas na tentativa de ganhar... ou de conquistar algum homem ocidental que lhes dê o passe para fora do país.

      Eliminar
    2. LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL.

      "Ou de conquistar algum homem ocidental que lhes dê o passe para fora do país." Esta a falar do pais atual, onde a corrupção esta acima de tudo! E foi mesmo por isso que vim embora, por causa da corrupção!

      Já la vão uns valentes anos, e muita coisa mudou (como referi no meu comentário, ou não leu?)!

      E o que é que tem haver as mulheres "alteraram-se todas, por causa dos concursos de beleza" em relação a serem boas pessoas?

      Um beijinhooooooooooooooooooooooooo

      Eliminar
  11. Não és esquelética mas também não és gorda, tens pernas normais pronto...que por vezes nas fotos parecem mais cheias devido às peças que usas! A meu ver, só podias mudar as poses das pernas, de resto tá bom :)

    ResponderEliminar
  12. O filme que para aqui vai Gata :). Quanto temos um blog e nos expomos estamos, necessariamente, abertos a receber todo o tipo de opiniões.... favoráveis e menos favoráreis. Eu acho que o principal de tudo é a educação, porque se houver educação (às vezes há educação, mas com um toque de maldade dissimulado...) creio que qualquer blogger terá a capacidade de respeitar as opinões de terceiros :).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E esta com a mania que é sempre superior aos outros. Se não és moralista bem que pareces... E claramente os teus comentários são daqueles educados com maldade dissimulaDa. Ouviste gata? A voz da verrado?

      Eliminar
  13. Querida Gata, Parabéns pelo blog do qual sou seguidora assídua. Parabéns pelo corpo, (sim é preciso dizê-lo!!). Quantas e quantas não queriam ter a tua excelente forma física. Sigo-te virtualmente através do blog e do instagram e deixa-me dizer-te que para além do cabelo lindo que tens, outro dos teus "atributos" são as pernas. Não percebo o porquê de alguém vir para aqui comentá-las de forma tão estúpida e arrogante só por causa de uma foto!! Se fosse a ti colocava uma compilação de fotos só das tuas maravilhosas pernas. E como legenda: "Vá, agora digam lá quem tem uma perna curta, grossa e feia?? Invejosaass!" Mais uma vez Parabéns Gata e continua a divertir-nos com as tuas rúbricas e a manter-nos em dia quanto às tendências da moda. Um beijinho grande * CF

    ResponderEliminar
  14. C'um estapor!!!! Que o assunto "pernas da Gata" dá pano para calças!!!
    Trabalhar também faz parte da vida, e ainda se é útil, sabiam...??

    ResponderEliminar
  15. Muito bem escrito e muito importante para certas e determinadas pessoas lerem. O que, claramente, a maior parte das pessoas que já comentaram não fizeram. Enfim, adiante. Há pessoas que nunca vão perceber, porque simplesmente não querem!

    http://entreosmeusdias.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  16. Nem sei como tens paciência para anónimos,
    mas concordo com o que escreveste e não sei onde vêm pernas gordas em ti,
    sinceramente, pernas gordas tenho eu e não tenho nenhum problema com isso :)
    Ser feliz e ter saúde é que importa!

    ResponderEliminar
  17. É notório que se formos comparar as fotos da gara há 1 ano atrás a gata parece mais magra com menos rabo, coxas mais finas e mais elegante....Agora daí a dizer que é gorda, ect, etc, etc, vai uma longa distância....Nota-se é um gata mais "entroncada"....fruto de aumento de peso ou não, do ginásio ou não...Eu pessoalmente gostava mais de ver o corpo da gata há 1 ano atrás.

    ResponderEliminar
  18. Meu Deus, é que continuam a argumentar sobre as tuas pernocas!!
    Escreves um texto sobre o estereótipo do corpo perfeito (que não existe!), sobre o que isso causa nas mulheres (está mais que provado que é causa de um monte de distúrbios!), mas o importante é continuar a julgar as tuas belas pernas... Há gente mesmo muito pobrezinha de espírito!! Gabo-te a paciência...

    ResponderEliminar
  19. Tens um ganda corpaço! Mas algumas roupas e os ângulos das fotos não mostram isso às vezes!

    ResponderEliminar
  20. Volta Gata! Mais posts destes não! E coisas interessantes?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pode não ser tão interessante como falar de roupa e sapatos, mas também é importante, de quando em vez, fazer uma "chamada de atenção" para os problemas da sociedade em que vivemos. Mesmo que não valha a pena.

      Eliminar
  21. Vais ao blog da PMD e só ves comentários a dizer "Não tens rabo" "pernas esqueléticas" aqui é o oposto. LOL pessoas que olham para os outros para não olharem para si próprias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora aí está um belo exemplo de pernas que não gosto. São elegantes são, mas não chamam a atenção. Não passam de canivetes. E não tem mt rabo não, não sei que treinos faz, mas com tanto exercício era para ter um rabo mais firme e empinadinho.

      Eliminar
    2. As pernas da pipoca não gosto... mas do joelho para baixo, são muito sem curvas e isso não fica bem! Ah, mas não se esqueçam que a Pipoca tem 34 anos, acho... a idade também pesa, digam o que disserem!

      Eliminar
    3. Que irónico, num post sobre ditaduras de imagem e as mulheres não serem solidárias e serem a primeiras a "detonar" uma outra mulher, surgem estas duas anónimos, a rebaixarem alguém que nem pertence a este blogue a Gata depois de TANTO discurso ainda aceita estes comentários. Uma bela de uma contradição conveniente.

      Eliminar
    4. A Gata aceitou estes comentários da mesma forma que aceitou todos os outros que continuam a falar das pernas dela e a criticar. Se aceitou os que eram direccionados para ela pq é que n ia aceitar estes? Só porque estão a falar da "rainha da blogosfera"?!? LOOOOOOL O facto da gata aceitar estes comentários n mostra contradição nenhuma uma vez que a opinião dela mantém-se. Estes comentários que aceita são para mostrar a mentalidade da sociedade q nos rodeia e q realmente n vale a pena bater no ceguinho...

      Eliminar
    5. Detonar o quê? Só estamos a dizer que não gostamos das pernas da Pipoca, assim como já disseram que não gostavam das pernas da Gata. ninguém insultou a Pipoca, fala-se de gostos pessoais por aqui...

      Eliminar
    6. Eu sou mulher e prefiro as da PMD às da Gata. Detesto corpos tipo Carolina Patrocínio, toda seca e trabalhada (se bem que a PMD até diz que gostava de ter aqueles abs, mas eu acho que ela está muito melhor assim ahah).

      Eliminar
  22. Tu 'tá com coxa de brazuca Gata? ;)

    ResponderEliminar
  23. E por vezes quem faz esses ataques são pessoas que se escondem atrás do nome 'anónimo'. Talvez tenham algo a esconder. Também não consigo perceber qual o objectivo desses ataques, criticas, o que seja. Não acredito que façam bem ao ego. Só deve aumentar a maldade. Porque são palavras ditas/escritas com maldade. E são pessoas que não ligam a minima para os danos que esses comentários causam. Como ao sistema nervoso, que comanda tudo. Só nós é que não o conseguimos controlar. E é um problema daqueles bem grandes quando chegamos a esse ponto. Infelizmente sei do que falo. Por isso, só posso concordar com o que escreveste. *

    ResponderEliminar
  24. Uma bela reflexão com um brilhante final!!! Bj

    ResponderEliminar
  25. Concordo com tudo o que disseste, e adorei o texto! É triste ler e ouvir certas coisas, pelo que acho muito bem teres feito este post :)
    Beijinho ♥

    www.somethingwithsa-ra.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  26. Olha Gata, infelizmente a sociedade de hoje é assim. Toda a gente critica toda a gente. Pior, no caso das mulheres são as próprias que se criticam umas às outras e, como se costuma dizer, não nos vestimos para nós mas sim para as outras mulheres. Perante isto, quando aparece alguém que se sente bem com o seu corpo, veste o que lhe apetece e tem o estilo que lhe apetece há muita gente que fica com comichão porque não consegue ser assim. Se cada pessoa que criticou as tuas pernas (que, na minha opinião, são um bom exemplo de umas pernas com o volume necessário para o homem ter onde agarrar (!!) e ao mesmo tempo bem definidas) gastasse esse tempo a tratar de si e a fazer o que fosse preciso para se sentir bem, o mundo era um sítio melhor.
    Acho bem que fales deste assunto que infelizmente é bem actual mas de resto esquece esta gente. E não fiques em baixo por causa disto. Digo-te o mesmo que disse quando foi o caso da Jéssica Athayde: quem dera a muita gente ser gorda e flácida como ela!
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Começa tão bem a dizer que não se deve criticar as outras mulheres mas depois acha que o que é importante é o homem ter "onde agarrar"... qual é então a diferença entre tentarmos agradar às outras mulheres e aos homens?

      Eliminar
    2. A sério que aquilo que retirou do meu comentário foi que eu acho que devemos ser da forma que mais agradar aos homens? E qual foi a parte do "na minha opinião" que não percebeu? E sarcasmo sabe o que é ou vou ter que lhe explicar?

      Eliminar
  27. Tudo inveja, Gata, não canse a sua beleza por causa de comentários parvos e despropositados.
    E já agora, quem é a pipoca?

    Cristina F.

    ResponderEliminar
  28. Venho aqui diariamente e não costumo comentar mas hoje lá vai ter que ser..
    Nós como mulheres devíamos nos apoiar umas as outras e não criticar e humilhar só por que sim.
    Tu estas muito bem como estas, e mesmo que não estivesses era um problema teu, lá por teres um blog com um já elevado reconhecimento não da o direito as pessoas de virem para cá dizer mal da autora.
    E tenho reparado que a uma quantidade enorme de pessoas que vem para aqui criticar só por ódio ou inveja.
    E as comparações a Pipoca também são tão descabidas, tens o teu próprio estilo, um blog com conteúdo muito interessante e pareces me ser uma pessoa humilde, acho que tens tudo para vencer na vida.
    Um a parte, sei que és TOC e eu estou a terminar a Licenciatura em Gestão e pretendo fazer o exame da OTOC, sei que aquilo é puxado, sou boa aluna em Contabilidade mas também sei que abrange várias áreas.. algum conselho em relação ao estudo?


    ResponderEliminar
  29. Não tens pernas gordas, não és gorda! Usas sim às vezes combinações de calças e botas que não te favorecem, mesmo algumas das tuas poses às vezes fazem parecer as pernas um bocadinho mais largas. Mas tens um bom corpo e só tens que ter cuidado com essas pequenas coisas, ha formas e fotografar e certas roupas que alongam a silhueta. Sobre os ataques, impossível agradar ao mundo, só tens que apagar os comentários. CAGAR e andar :)

    ResponderEliminar
  30. Eu por acaso reparei, mas a maioria dos comentários que vi até foi mais num sentido não tão agressivo ou "mau". Claro que me podem ter passado ou até não ter sido publicados (sendo a razão coincidente com a "essência" pelo qual estão a ser referidos por mim neste preciso momento). Eu acho que não parecias de todo gorda, muito sinceramente. Qualquer pessoa, por muito perfeita que seja, tem roupas que lhe ficam pior e acho que realmente aquelas calças não eram a coisa mais "flattering" à face da terra. Mas não percebo o escândalo, continuavam a ficar muito bem :P
    Falando no geral, não acho que ser perfeito seja condição necessária para detectar o imperfeito :) "moral" para falar é outra coisa... Mas se pensássemos assim não podíamos criticar escritores, filmes ou músicas porque não fazemos melhor.
    ...Mesmo assim não concordo com comentários dessa índole e acho que a maioria das pessoas também não iria reagir muito bem, por muito segura que fosse/tentasse ou pensasse ser.
    Eu até acho que em geral, para alguém não muito musculado, não dá para dizer se as pernas são "tonificadas" (palavra que é aliás usada um bocado abusivamente imensas vezes) ou não :P as calças são uma espécie de... Parede? Ou daqueles tapetes grossos enrolados à volta das pernas. Não deve dar muito jeito para andar.
    Pelo menos tu "sabes mais" (= know better), essa crítica seria pior para alguém que não gostasse das suas pernas - como as cobras, aquelas ingratas que deixaram os membros que as faziam parecer um lagarto gordo e giro atrofiar.

    ResponderEliminar

  31. Haha gostei da extensão da metáfora :P essa ditadura acaba por ser um problema difícil de resolver - eu acho mesmo que a única solução seria a moda cair de uma cadeira ou unirmo-nos todos e pôrmos cravos nos canos das botas. Para além da ditadura da imagem corporal há também a estilinista, que pode não parecer tão pessoal mas também acaba por ser má.
    (Pronto, eu paro.)
    (Ainda me abstive de uma menção a "Muscolini", mas soa mesmo estúpido. Hoje lembrei-me dos Moscãoteiros e do Dartacão e fiquei inspirada. Desenho animado mais brilhante DE SEMPRE. Mais não seja porque o protagonista-cão parece o Descartes. Descãotes.)
    Entre género há competição, por muito mau que pareça. E é bem mais forte do que o espírito de equipa :P a comparação acaba por estar muito presente, o que nos leva à parte "inseguranças". Acredito mesmo que comentários do género prejudiquem a auto-estima de algumas pessoas, mas não posso deixar de achar também que elas não vão conseguir viver numa redoma de vidro... De resto o problema não me parece muito solucionável - não querendo no entanto incitar a uma postura passiva ou permissiva, claro. A cultura das épocas prende-se à ideia de beleza de tal forma que se cria uma espécie de amálgama, tentar separar as coisas é difícil.
    Esta questão é para mim mais profunda do que aparenta ser, porque a imagem é muito e não sei se há aqueles limites que se pressupõe. Eu não sou nada boa nestas reflexões, acabo sempre a relativizar tudo pensar que não há características superiores e que o Kant é um mentiroso (deve ser... Haha :P). Sem divagar: acho que o anonimato desperta o mal das pessoas, porque hoje em dia a consciência parece ter sido substituída pelo medo do castigo (e cada vez mais parece ser esse o caso). Por outro lado, também acho que é preciso lidar com isso, e tu, mais do que muita gente, ficas exposta, porque a tua imagem é parte da construção do blog. Isso não dá a ninguém o direito de te "chatear", embora ache naturais críticas (de preferência não daquelas más), uma vez que quando apresentas "visuais" acabas por personificar um "exemplo" que, sendo público, acaba sempre por levar a polémicas, ainda para mais sabendo que os critérios do bom e mau variam quando as personagens são conhecidas por o nível esperado ser maior. A internet também cria um maior nível de exigência, na "vida real" os padrões são outros. Por outro lado, pelo menos é sinal de que as pessoas lêem o teu blog (e o número de "inimigos" é quase directamente proporcional ao sucesso. Menos para o Winnie the Pooh, o Winnie the Pooh é sempre adorável. O Tigre já duvido, que deve haver imensa inveja da cauda trampolim e perfeitamente cilíndrica. O Coelho não, é chato e mau. E o Piglet também não, para além da subtil não tradução do nome é um medricas e tem barriga de insecto, só que dividida em mais de três partes - toma lá, Platão.)
    (...e mesmo quanto ao Winnie não sei, se calhar houve desenvolvimentos por ele ser um bocado barrigudo.)
    ...Para terminar, as tuas pernas estão perfeitamente bem (e inteiras, ainda por cima). ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dizes algumas coisas acertadas mas não consegues ser mais sucinta? Cansa ler os teus discursos!

      Eliminar
    2. Hei!!! Deixe a Avelãzinha em paz, que é o melhor que tem este blog!

      Eliminar
    3. Hei para si também! Aqui ninguém importunou a paz da avelã! Apenas emiti uma opinião a qual mantenho! Se isto é o melhor que o blog tem é porque nitidamente é daquelas pessoas que gosta de ver o circo a arder!

      Eliminar
  32. Gosto de mulheres com garra, atitude e presença. Detesto mulheres que parecem que vão partir a qualquer momento. Isto para dizer que gosto de uma mulher com formas, com curvas, e as magras não me chamam minimamente a atenção. Falando de pernas que é uma coisa que atrai muito o olhar dos homens, prefiro as bem torneadas do que os canivetes sem forma nenhuma. Quem diz que uma perna bem trabalhada não é feminina ou está a brincar ou é uma invejosa detentora de uns palitos. Uma perna trabalhada é bem sexy minhas meninas, mas se vocês não gostam é lá com vocês mas não venham para aqui dizer que esta gata tem pernas gordas ou entroncadas. É provavel que uma ou outra peça não favoreça tanto mas se forem a ver as fotos com saia ou vestido onde a perna aparece bem à vista é impossivel não deixar de dizer "que pernão". Por isso o tempo que vocês perderam aqui com as vossas teorias se fossem era para o ginásio ou fazer umas corridas para ganhar mais forma na perna, teriam ganho mais.
    E esta gata que esqueça porque as mulheres vão ser sempre umas invejosas e vão cortar sempre na casaca de uma das outras mesmo quando não há motivo. Acho que está no vosso adn.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois eu cá também sou homem e não gosto das pernas demasiado trabalhadas. Não gosto de gordas nem gosto de celulite, gosto é de umas pernas elegantes. Que sejam trabalhadas, mas elegantes e quando começam a ficar muito grossas não são elegantes. Mas ainda bem que há gostos para tudo.

      Eliminar
  33. http://agatadesaltosaltos.blogspot.pt/2015/02/foi-o-melhor-que-se-arranjou-109.html
    Onde é que esta mulher tem a perna grossa?!?!?!? Gente chatinha. O tempo que estão tão preocupados com as pernas da gata, preocupem-se com as vossas porque muito provavelmente muitos de vós bem precisam.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi o que eu já diss à Gata. De saia/calção não há nada a apontar. Acho que o problema foi mesmo das calças e do resto do conjunto.

      Eliminar
  34. Os teus posts são tão aborrecidos porque o que escreves não é nada de novo; "ditadura da moda", "ditadura da imagem". Só frases feitas e ideias que já estão mais que exploradas e debatidas. Toda gente sabe disso mas mesmo sabendo as pessoas vão continuar a criticar a dizer que as tuas coxas são gordas. Mas quem diz isso não diz por acharem que deverias ser "mais" magra mas por maldade. Nada tem a ver com "ditaduras de imagem" ou pela sociedade estar "presa a padrões". Este texto parece que foi escrito por uma menina da 8º classe que tem de escrever uma redacção sobre padrões de beleza.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha outra que não deve ter percebido o teor do post. Olha Gata, deixa lá, é um post aborrecido mas dão se ao trabalho de comentar na mesma

      Eliminar
    2. Pois eu acho que, sobre este "não assunto", foi o comentário mais esclarecido que vi publicado.

      Eliminar
    3. Anónimo das 11:43 e Luciana, o vosso ponto de vista só revela o vosso carácter. Mas lá está, está tudo associado com o que a Gata lançou para discução "o problema da relação entre mulheres". Também é um tema muito debatido é, mas parece-me que nunca é demais...e está à vista. Sejam felizes

      Eliminar
    4. Não podia concordar mais com a observação do primeiro anónimo!

      Eliminar
    5. Anónimo 12:15: Agradeço e retribuo os votos de felicidades. Mas não vou "discucir" consigo sobre o tema, pode ser?

      Eliminar
  35. Ontem passei por cá e pus-me a ler os comentários. Fiquei pasmada com tamanha maldade! Aplaudo de pé estas tuas palavras! Pelo que conheço és uma pessoa linda por dentro e por fora. Continua assim, que eu venho cá todos os dias :)

    Portuguese Girl with American Dreams
    http://fromportugaltonyc.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  36. Nem me dou ao trabalho de ler o post todo, é muita letra para ir dar ao mesmo. Sorry...........

    www.moncloset.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas deu-se ao trabalho de comentar. Enfim...........

      Eliminar
    2. Claro, não venho aqui só para "dizer bem". Penso que devemos dar a nossa opinião, seja ela qual for, sempre de forma educada. Quem escreve/publica não está à espera que se diga sempre algo positivo.... Neste caso, dei o meu feed-back, e nem sequer o fiz de forma anónima como muita gente faz.

      Eliminar
  37. Estás a criar polémica para haver mais discussão e mais visualizações????

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH!

      Parece-me que há gente muiiiiiiiiiiiiito preocupada com as visualizações deste blog. Menos, sim? Tenha lá as suas teorias (merdosas), mas não exponha a sua parvoíce.

      Eliminar
    2. Caga, Gata! Estás quase nas 900 000 e o resto é conversa! Agradece a este tipo de anónimos, q são ressabiados, mas que contam na mesma para engordar o número de visitas :D

      Eliminar
    3. Estes totós não percebem que são eles que criam a polémica qd t chamam gorda, mas pronto...

      Eliminar
  38. Onde isto já vai! Caso para dizer "oh my dog"!!!!
    És linda Gata! Adoro o blog.
    Maria S

    ResponderEliminar
  39. Quem é a gata?
    Viva a Avelã*

    ResponderEliminar
  40. Desculpa mas acabei de rever as fotos e continuo sem perceber onde estão as pernas gordas...
    Ainda pensei que alguem aparecesse no plano de fundo de alguma fotografia mas não.
    Só vi pernas bem trabalhadas, tonificadas. E as coxas? Quem acha que aquilo é gordo deve ser uma fininha sem rabo nenhuma, daquelas que parece ter levado com um ferro de engomar em cima mesmo, porque aquilo ali mão é coxa gorda, aquilo é de quem tem um, e bom, rabiosque!

    ResponderEliminar
  41. Estou admirada só agora criticarem as pernas. O que vai ser a seguir? A cor do cabelo?

    ResponderEliminar