#

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Cinco dias da semana, cinco looks #21

Última semana de Abril e chuva mil ZERO. Atenção que não é uma reclamação é só uma constatação, não me lembro de um mês de Abril assim, tão cheio de sol. As noticias bem que alertaram para chuva e descida de temperatura a partir de quarta-feira, mas até ver...está tranquilo, está favorável. Tão favorável que até temos mais um fim-de-semana prolongado à vista. Depois de tantos feriados e pontes num só mês, cheira-me que ficámos todos mal habituados e não vai ser fácil encarar uma semana inteira de trabalho. Ninguém quer avançar com uma petição pública do tipo "queremos feriados e pontes todas as semanas"? :D


Antes que perguntem, este camiseiro lindo é da Shein e podem vê-lo mais ao pormenor aqui.

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Foi o melhor que se arranjou #262


Vocês sabem que a par com as riscas, o padrão às bolinhas é dos meus preferidos. Também sabem que as sapatilhas estão para mim como a banana está para o macaco. E também sabem que sempre adorei misturar, de quebrar o descontraído com uma peça mais "pipi" ou vice-versa. O look que hoje partilho é exemplo disto tudo, com o toque especial da bandana. Já sabemos que os acessórios são peça fundamental nos nossos armários, uma vez que são perfeitos para dar um "up" ao nosso look final, e muitas vezes acabam por ser mesmo a cereja no topo do bolo.

terça-feira, 25 de abril de 2017

A liberdade de sermos o que queremos ser

Hoje apetece-me falar de liberdade. Parece demasiado óbvio face a data, mas não, não venho falar da Revolução dos Cravos. Venho falar da nossa liberdade. Ok, falar dos cravos é falar da nossa liberdade, mas...esqueçam os cravos (não menosprezando) e foquem-se em vocês. Em vocês e na vossa (nossa) liberdade de ser o que querem(os) ser. Está nas nossas mãos. E ser ou não ser capaz é uma questão de atitude. Como tudo na vida. Porque a única coisa que cai do céu é a chuva, e o resto, o resto é determinação. Ajuda muito acreditar até porque é o primeiro passo para algo ser realizado. Por isso, confia e acredita sempre em ti. Independentemente do quão difícil possa ser uma batalha, mantém estes dois verbos bem presentes: confiar e acreditar. E não esquecer que tudo é impossível até acontecer.

Há um ano atrás eu acreditei que era capaz de correr uma Meia Maratona, quando muitos diziam que eu estava para lá de tolinha. Eu própria duvidava de mim no inicio, mas a vontade de superar-me, o desafio e a força de querer falaram bem mais alto. Mesmo com alguns obstáculos, eu consegui. E o sentimento foi tão bom, tão "não-há-palavras", que hoje tenho o meu dorsal emoldurado. Quando me sinto menos confiante olho para ele e penso "se foste capaz de correr 21 kms quando há meses atrás não conseguias correr 5 kms sem ficar à beira de falecer, és capaz de TUDO". Porque nós somos realmente capazes de tudo. Temos a liberdade de ser.


O "ser capaz" tem um efeito mesmo incrível em nós. Deixa-nos felizes e orgulhosas. Mostra que depois do esforço, de alguma luta interior e até mesmo de alguns fracassos pelo meio, há no fim uma satisfação imensa que compensa sempre. Recompensa essa que deixa-nos mais fortes enquanto pessoas. O "ser capaz" ensina-nos a nunca deixarmo-nos render, a ter consciência que as coisas levam o seu tempo e que desistir não é opção. Porque nunca é. E somos nós que temos a liberdade de desistir ou não desistir.

Isto vale para tudo, seja uma prova, seja perder uns quilos a mais, seja terminar o curso, seja passar naquele exame importantíssimo, seja qual for o nosso objectivo, seja qual for o nosso desejo que nos fará sentir melhor, nós temos a liberdade de lutar por isso. Parte sempre de nós. Por isso, sejam livres de ser o que querem ser. Sejam livres para ir à luta e nunca desistam dos vossos sonhos.

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Relax, it's weekend #23

Bom diaaaa, bom diaaaa! E quem é que está de fim-de-semana prolongado, quem é? Euuuuu! :D 
E só porque estou bem disposta, sai um look para vossa inspiração. Não sei se já vos disse claro que já, mas a Zara está uma verdadeira TEN-TA-ÇÃO. A sério, quase que se me dá um ataque de ansiedade sempre que abro o site para passar os olhos. Não se admirem se nas sugestões dos próximos tempos apenas constarem peças de lá. E aqui que ninguém nos ouve, no que toca a lojas "fast fashion" a Zara é a boss delas todas.
No menu de hoje, sai um look mais divertido, porque estes dias de sol pedem mesmo isso. Bordados, riscas, aplicações, um mix and match que na minha opinião resultou muito bem. E por falar em bordados, já repararam na QUANTIDADE de peças que existem nas lojas dentro desse género? É "A" tendência (umas das, vá).  

T-shirt ZARA (aqui) | Jeans ZARA (aqui) | Mala ZARA (aqui) | Sapatilhas ZARA (aqui)


Bom fim-de-semana, boa Páscoa, enfardem folares, amêndoas e coelhos de chocolate à vontade que isto da Páscoa é só uma vez por ano (já essas iguarias todas são capazes de durar até ao Natal. Nas vossas ancas, rabo, barriga e afins. Wuuaaahhh).

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Skyr: o fenómeno do mundo lácteo


Antes de mais e só para que se conste, quem nunca ouviu falar deste iogurte é porque anda no mundo só por ver andar os outros. Anda um corre-corre diabólico atrás destas 150g de iogurte, quais Louboutin ao preço da chuva, que é impossível passar ao lado deste fenómeno do mundo lácteo.

Mas o que de tão fenomenal e de tão fantabulástico tem o raio do iogurte para estar sempre esgotado e para vermos pessoas a levar paletes deles para casa (quando os há)?

Assim, de forma muito simples e directa, para além do excelente marketing, apresenta dois factores sobejamente desejados pela "malta do fitness": rico em proteínas e bastante baixo em gordura. Conclusão: é um bom aliado para quem procura estar em forma.

Além disso, o Skyr - produto lácteo islandês produzido com leite pasteurizado magro - é uma excelente fonte de cálcio, sendo produzido com 3 ou 4 vezes mais de leite do que um iogurte normal.
Mas os benefícios não ficam por aqui. A saber:
- Estimula o sistema imunitário;
- Promove o aumento da absorção de cálcio, vitaminas e sais minerais;
- Melhora o transito intestinal;
- Pode ajudar a diminuir o risco de osteoporose (devido ao elevado teor de cálcio) bem como os níveis de colesterol.

Apesar dos benefícios deste iogurte - já confirmados por nutricionistas -, existe alguma controvérsia em torno do tema: será ou não será tão benéfico assim? Valerá ou não valerá a pena a correria para o Lidl? Não passará tudo de marketing? Moda fitness?! Ah, porque o iogurte não é tão fantástico assim. Ah, porque não é o facto de ter umas gramas a mais de proteína que vai fazer dele o melhor iogurte do mundo e arredores. Ah, porque não é um iogurte, é um queijo. Ah, e porque a malta já abusa na quantidade de proteína que come, como tal, não precisa do Skyr para nada. Bom senso, é uma questão de bom senso, como em tudo nesta vida.

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Foi o melhor que se arranjou #261


Não me lembro de um mês de Abril assim tão soalheiro. Por norma, faz jus ao ditado "Abril águas mil". Até mesmo a Páscoa costuma ser sempre de chuva. Calma, PÁSCOA? Como é que já estamos na Páscoa?! Isto não está a passar depressa demais? Páscoa, e não tarda é Verão, e não tarda é o Agitágueda, e não tarda são as férias de Verão, e não tarda entro nos trinta, e não tarda é Outono, e não tarda é Natal, e... ME-DO. Alguém esqueceu-se de me dizer que a partir dos 25 o tempo não passa, o tempo foge.
Bom, voltemos a falar de coisas giras: os dias de sol. Não sei se estas temperaturas de Verão vieram para ficar, mas o primeiro dia de praia já ninguém me tira. Fazer praia em pleno mês de Abril é algo inédito nos meus vinte e nove anos de vida (tão inédito que as minhas unhas dos pés nem estavam preparadas para ver a luz do sol). E que bem que soube! A vitamina D faz-nos bem. Deixa-nos mais alegres, mais bem dispostos e com mais energia. Avinha-se um fim-de-semana prolongado e espero que seja produtivo. Que dê para descansar e recarregar baterias, e também para pôr aqui o estaminé com os assuntos em dia. Vocês reclamam e eu também tenho saudades. Até já 

terça-feira, 11 de abril de 2017

#nãotens7vidas #2: os treinos


Já passou quase um mês desde a primeira consulta de nutrição da Rita (amanhã temos a segunda) e, nos entretantos, os treinos com o PT Bruno Gonçalves também já estão a decorrer. Foi feita avaliação física e o plano traçado foi o seguinte: treino em grupo com uma componente mais metabólica e treino mais especifico e individualizado de forma a melhorar postura e tirar o máximo de rendimento no trabalho metabólico.

A par disso, a Rita continua a frequentar o seu ginásio como habitualmente - faz parte daqueles que conseguem acordar com as galinhas e ir ao ginásio às 7h da matina (palminhas, muitas palminhas) - e costuma vir treinar comigo na box de Crossfit uma vez por semana (ontem falhou-me, mas os burpees estão garantidos, ah! ah! ah!). Digamos que arrastei-a comigo uma vez e acabou por apanhar-lhe o gosto. Só falta experimentar o treino de bootcamp, mas está para breve.

Ter ganho este passatempo foi, sem duvida, um boost de motivação e a Rita tem andado super focada no seu objectivo. E feliz também, que é o mais importante. Estamos super ansiosas pelos resultados da próxima consulta de nutrição e eu tenho a certeza que serão positivos e serão mais uma fonte de motivação. A Rita tem noção que apesar de já ter conseguido incutir alguns dos bons hábitos alimentares, ainda precisa de ser mais disciplinada, no entanto, já sente diferenças ao nível da zona abdominal e das pernocas. Amanhã já vamos ver o que a balança nos diz sobre este primeiro mês de "#nãotens7vidas".