#

domingo, 28 de fevereiro de 2021

Sobre dias de sol


...lá fora e cá dentro!

Hoje o acordar soube a entusiasmo de criança em véspera de Natal. Não andava de bicicleta desde os meus tempos de adolescente, o que traduzido em números significa cerca de 17/18 anos. Hoje foi dia. E tão maravilhoso que foi.

Ansiava por este domingo desde que ficou combinado, como se de algo novo se tratasse. Tanto tempo depois, pois que podia passar mesmo por novidade, e até para desaprender, mas como se costuma dizer: nunca se esquece.

Termino o dia com a sensação maravilhosa do vento no rosto bem presente. Do sol na pele, da liberdade do momento, do sabor do desafio, da natureza que envolve e brinda com o seu encanto.
Também tenho bem presente as duas cãibras de hoje à tarde, o desconforto típico do selim (bem sei que já era para estar calejado, mas entendedores entenderão) e a subida demoníaca que nos levou a este spot com esta vista maravilhosa. Lá está, a vida recompensa sempre todo e qualquer esforço.

Termino o dia de coração cheio e agradecido pelo sol que fez lá fora e cá dentro. Em tempos difíceis são as pequenas grandes coisas que nos mantém de pé e é realmente importante sabermos encontrar em cada dia uma razão para ser feliz.

Que venha daí um novo mês! 🍀

Sem comentários:

Publicar um comentário