#

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

"O meu Ex* é pior que o teu"

Todos os dias (excepto aqueles em que perco a cabeça e vou ao ginásio), no caminho trabalho-casa, apanho o Hotspot, aquele programa para lá de espectacular da Cidade Fm. E qual é o meu espanto quando me deparo com disputas sobre quem tem o pior Ex. Pffffffffff, oh meninos(as), não queiram que me dê ao trabalho de ligar para lá, é que arrumo-os a TODOS a um canto!! Mas vá, nada de preocupações que eu vou continuar aqui no meu cantinho sussugadita a ouvir as vossas histórias de vida/acidentes de percurso, sem me pronunciar. Não quero de maneira nenhuma deixar-vos com o triste sentimento de que o vosso Ex nem para pior serve. Chega de desilusões.

Analisando bem a coisa, a Cidade Fm até que teve uma ideia brilhante. De facto, essa espécie tem de servir para alguma coisinha, quanto mais não seja para animar os ouvintes da rádio. Logo eu, pessoa que dá para rir da desgraça alheia, mas só porque dizem que rir é o melhor remédio, hã.
Ora, eu até sou pessoa para ter muito a dizer sobre este tema. Diria até que estou em perfeitas condições de publicar uma enciclopédia, material do bom não me falta. Parece que já estou a imaginar "Trastes de A a Z", ah! ah! ah!

Nos entretantos, lembrei-me que podíamos fazer aqui uma brincadeira do género. Uma espécie de "O meu Ex é pior do que o teu" powered by A Gata de Saltos Altos, sem querer roubar o protagonismo à Cidade, claro. Gosto de saber mais sobre os meus queridos leitores e preocupo-me com a vossa sanidade mental.
Sendo assim, meus senhores e minhas senhoras, estimados leitores e leitoras aqui do estaminé, têm até esta sexta-feira dia 30 para provar que o(a) vosso(a) Ex é o(a) pior que outro(a) qualquer. Mas não venham cá com "o meu Ex não tirava as peúgas quando fazíamos o amor" ou "a minha Ex não fazia depilação no pipi"!! Quero argumentos dos BOOOONS, daqueles mesmo surpreendentes e bombásticos, hã.
Eu vou escolher os quatro melhores-piores-Ex's e, depois, são vocês mesmo que vão decidir (dos quatro) quem realmente provou ter o(a) pior Ex de sempre. O vencedor irá ter direito a prémio, não sei muito bem o quê, mas logo se vê. Quem sabe uma t-shirt daquelas com frases pirosas giras e sugestivas.

Vá! Que comece a disputa "O meu Ex é pior que o teu" powered by A Gata de Saltos Altos. =D  


* Ex com letra maiúscula, porque, apesar dos apesares, merecem o devido respeito, quanto mais não seja pelo nosso tempo investido.
24-09-2013 15-51-22

159 comentários:

  1. Bem, as peripécias do meu ex eram essas básicas das meias, do não pagar um jantarzito e tal, essas mais que batidas. No entanto a maneira como ele acabou comigo (se bem que já havia grande coisa para acabar) foi no mínimo original: envio-me um SMS que dizia "Game Over. E não há insert coin". Frase para a vida...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. top...:):):) Parvalhão à parte, tem qualquer coisa de cómico, não há dúvida...

      Eliminar
    2. Sim era um grande palhaço eheh

      Eliminar
    3. Já ganhou loool

      Eliminar
    4. Que momento tão oportuno para se querer ser engraçado... xD

      Eliminar
  2. Não posso falar do Ex, é amigo :P

    ResponderEliminar
  3. Ora bem...sobre o "Ex"... Que eu nunca mais o veja nem morto nem vivo. Mandei-o pastar para o Alasca, pois porque tinha uma moça grávida dele pela 2a vez. Ao que depois vim a saber mais tarde, que a primeira gravidez não foi avante por vontade dela, mas ele não sabia. Tadinho, que inocente!!
    Verdade ou não, não sei, também não interessa. Já lá vão 12 anos e estou muito bem e muito bem casada. Sou feliz :) ahhh e os homens não são todos iguais.

    ResponderEliminar
  4. O meu Ex há de ser pior que o Ex de vocês todas...! Mas nem vou entrar em pormenores. Um cromo em todos os sentidos.

    http://cucasandcookies.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh assim não vale! Tens mesmo de entrar em pormenores. Váá, sem medos! :D

      Eliminar
    2. Mafaldaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa o que eu ja te procurei mulher! Gostava tanto do teu blog. O q aconteceu? Desapareceu... e o face tambem.... Volta mulher!
      Gata desculpa o abuso! Tambem adoro o teu, ou nao viesse eu aqui tds os dias umas 2 vezes pelo menos... continua assim. Beijinho

      Eliminar
    3. Ao anónimo das 12:55:

      Penso que o blog a que se está a referir mantém -se, mudou foi apenas de nome :) Siga o link deixado pela Mafalda e veja :) Beijinhos

      Eliminar
    4. Obrigada queridas por todo o carinho : )
      Gata, respondendo aos pormenores pedidos (aviso já que não são tão maus como alguns que já li aqui, mas cá vai):
      - Gajo bom como o milho, nadador salvador. Loiro, alto, corpo de Deus grego, olhos azuis e coisas que tal.
      - Gajo estúpido, molherengo, mentiroso, problemático.
      - Traiu-me vezes e vezes sem conta, e eu a fingir que não via.
      - Dormia em minha casa, e deixou de falar à minha mãe, mas continuava a ir la dormir e comer. E a minha mãe, desgraçada, a admitir todo aquele filme. E eu feita estúpida ainda a pensar que conseguia resolver a estupidez alheia.
      - Eu admiti essas m*rdas todas, e admiti que um gajo fosse mal educado com a minha querida e rica maezinha. Nunca mais na vida, venha quem vier.
      - Andei assim dois anos. Até que acabei tudo, ainda gostando imenso deste monte de m*rda.
      - Fiquei um ano sozinha, a levar com telefonemas e encontros "inesperados" deste verme nojento, até que me viu com o Xu (meu namorado há 10 anos, pessoa querida e fofinha que só ele) e desistiu da ideia. Ainda chorou baba e ranho uma última vez, mas obviamente sem sucesso.
      Moral da história, que todas nós sabemos, mas que na altura esquecemos: há sempre alguém melhor à nossa espera!
      E estes vermes nojentos mentirosos acabam por ter aquilo que merecem!
      Toma lá, e vai buscar : )

      http://cucasandcookies.blogspot.pt/

      Eliminar
  5. o meu Ex quando iamos tomar um copo/café passava o tempo sem falar...aqui a je calava-se e pronto..umas 3 horitas a olhar a banda a passar -_-

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eu a imaginar...mas então como é que começaram?? :)

      Eliminar
  6. Bem...eu estou do outro lado, sou homem, e, por isso, conto-vos porque a minha primeira namorada me deixou. Basicamente porque eu só queria estar com os amigos a jogar futebol e não lhe ligava muito... Agora a atenuante: Éramos 2 miúdos de 12 e 13 anos e, pelos vistos, eu ainda não tinha percebido bem esta coisas dos namoros...:) Acho que tendo em conta a atenuante não sou dos piorzinhos, pois não?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um puto de 12 anos que só queria saber da bola? Oh! Isso nem conta para as estatísticas NR. Queremos histórias daquelas cabiluuuudas aí a partir dos 18 anos, já que antes ainda não se sabe muito bem o que é um(a) namorado(a). Livraste-te do titulo de "pior namorado de sempre"! =P

      Eliminar
    2. Um outro tópico giro podia ser sobre a timidez e o que já nos levou a fazer...ou a não fazer.

      Eliminar
  7. Respostas
    1. Só falta mesmo explicares porque é que o teu ex é pior que todos os outros! =P

      Eliminar
  8. Felizmente não posso concorrer, precisamente porque não tenho nenhum ex (este é o primeiro e único namorado). Mas estou super ansiosa para ler as histórias de todas! Adoro um bom mexerico! :) ahahah

    ResponderEliminar
  9. O meu EX mandou-me um sms às 5h da madrugada onde dizia que não podíamos continuar com o namoro porque ele ia para a Suíça trabalhar... Mandou-me uma mensagem muito emocionante, dizendo que me amava muito e que não queria que nada disto acontecesse mas que a vida era assim. Tentei desesperadamente ir ao encontro dele até sua casa, mas não o encontrei. Não me respondeu mais às sms nem me ligou mais. Un dias mais tarde descobri, através de um amigo nosso em comum, que ele não foi nada para fora do país. Foi tudo um estratagema... Até hoje não percebi o porquê. Nunca mais nos falamos, nem sei nada dele, nem quero.

    www.pensamentoseepalavras.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  10. Acabei de ler o texto e fiquei a sentir-me super bem, afinal nunca sofri de grandes males com o ex... Depois escavei até às profundezas da alma e percebi que talvez eu (!!) seja a pior ex de sempre!! (mas o Karma já está a tratar da cena... sem stress) LOL
    Adoro o tema, vou grudar aqui! ahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahhhhhhh agora quero (queremos) saber porque é que TUUU és a pior ex de sempre!! =P

      Eliminar
    2. A Maria Daniela abandonou-me à porta da igreja com 200 convidados lá dentro. Quando a confrontei disse que o Continente estava com 20% em cartão e não podia perder o arroz carolino a um preço desses. :):)

      naaaaa...estava só a brincar...:)

      Eliminar
    3. Oh Gata, sou uma moça solteira! Se exponho aqui toda a minha veia romântica (ou a enorme falta dela) aí então é que está tudo estragado! Depois olha, tens de abrir aqui um peditório para a alimentação dos meus 20 gatos!

      NR, não brinque que eu era mocinha para isso!! Tudo por um bom desconto! ahah

      Eliminar
    4. NR, estou a chorar a rir...Isto porque preciso de ir comprar arroz. Será que está com desconto?

      Eliminar
  11. Não tenho nenhum Ex que mereça ser o pior de todos, mas conheço um que certamente é o pior de todos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E esse tal é, certamente, o pior porque... (mauuuu, vocês não estão a querer colaborar e deixam-nos aqui a todos mortos de curiosidade).

      Eliminar
    2. Oh gata, em tempos estudava eu em Coimbra, fui acordada por uma amiga e colega de casa, que me ligava num pranto. Ao que parece o namoradinho disse-lhe que estava cansado e ia para casa descansar. A miúda, que não era parva, foi dar com o carro dele em casa de uma amiga (amiga que passava a vida em nossa casa). Claro está que fomos armadas em Sherlock Holmes e não me perguntes como, a história é longa, mas fomos dar com ele na cama da amiga com a roupa espalhadinha pelo quarto e ambos amarradinhos a dormir que nem anjos. Tiramos foto, bazamos e ele ainda teve coragem de dizer que ela inventou aquilo tudo. Foi uma noite maravilhosa.

      Eliminar
    3. Cabrão + AmiGa da Onça/Sonsa = MEDO

      Eliminar
    4. Foi nessa noite que percebi até que ponto os namorados e as amigas podem chegar. MEDO, muito MEDO.

      Eliminar
  12. Aqui ou por email?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A ideia é ser aqui, uma vez que, depois de eu seleccionar os 4 piores Ex, são os leitores que decidem quem tem mesmo o pior dos piores. Mas se preferir fazer por mail, não há problema.

      Eliminar
  13. Atenção, atenção!
    Quem estiver com vontade de partilhar a sua história, mas prefere fazê-lo de forma anónima, não há problema, está à vontade. O que importa mesmo é a partilha de experiências.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então depois como se sabe quem é para atribuires o prémio? lol

      Eliminar
    2. Distingo os anónimos pela hora do comentário e se algum desses casos for o vencedor, peço para ser essa pessoa a contactar-me por mail. O mesmo se aplica a quem não tem blog ou conta Google para se identificar, por exemplo, mas não tem problemas em indicar o nome.

      Eliminar
    3. Esperemos que depois só uma pessoa se identifique como a vencedora por email, no caso de ser um anónimo :)

      Eliminar
    4. Se alguém se armar em engraçadinho (que é sempre possível), depois vejo uma forma de perceber se é o verdadeiro anónimo vencedor (não me pergunte qual, na hora vê-se).

      Isto é só uma pequena brincadeira, onde o objectivo é partilhar histórias, descobrir situações de outras pessoas com que nos identificamos e, claro, rir um bocadinho.

      Eliminar
  14. Bem, é a 1ª vez que comento, mas a este tópico não podia deixar de dar o meu testemunho...
    Ora bem, o meu pior Ex, já lá vão 20 anos, trabalhava num talho com o pai, e eles tinham gado no alentejo....a desculpa dele para não vir ter comigo ao domingo: "tenho que ir dar água às vacas".......se bem que as vacas eram outras! Lollll

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. LOOOL morri de rir! Muito bom!

      Eliminar
    2. AHAHAHAH não resisti a uma boa gargalhada! Com certeza que agora se ri disso mas na altura não deve ter achado muita piada à coisa.

      Amigas do Closet
      http://amigasdoclosetblog.blogspot.pt/

      Eliminar
    3. Ahahahaha muito bom!

      Eliminar
  15. E tu não contas a tua história? Devias... se bem que eu acho que o teu ex ainda mexe ctg. Notei isso num dos textos do casamento. Eu tive um ex que também foi cabrão, mas estou tão apaixonada agora que não guardo mesmo nenhum tipo de ressentimento. Ele é-me completamente indiferente e no teu caso parece que não. Desculpa, mas foi a ideia com que fiquei.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sendo assim, peço desculpa se criei falsas ideias. Mas o passado é passado e está mais que enterrado. =)
      A esta altura do campeonato não há lugar para ressentimentos. O tempo, a maturidade, as experiências, os altos e baixos e o que retiramos deles, as nossas novas prioridades/visão de vida ajudam a guardar só o que é bom de guardar. O mesmo se aplica nas amizades. Sou pessoa que gosta de andar de coração leve. =)

      Eliminar
    2. Tb smp tive a mesma sensação...

      Eliminar
    3. Gata, acho-te a maior graça meeesmo e espero que não leves a mal mas, provavelmente, por causa do mesmo texto, tenho a mesmíssima sensação. Hmm

      Eliminar
  16. Ora bem, há coisas que uma pessoa prefere não lembrar, mas cá vai... Quando eu era novita, nos meus vinte e poucos anos, tive um namorado que, ao sábado à noite arranjava sempre desculpas para não sair comigo e ir para a farra com os amigalhaços. Normalmente eram desculpas familiares (ou tinha que ir com a mãe não sei onde, ou doía a barriga ao pai ou o tio fazia anos, e por aí a diante). Depois, no domingo à tarde estava sempre doente e mal disposto. "Bebi um compal que me caiu mal" dizia ele... Agora, podem rir... nas primeiras vezes que isso aconteceu eu acreditei nele e ainda lhe fazia chá de cidreira a ver se ficava melhor (era tão inocente) Depois, abri o olho e foi com as p****

    ResponderEliminar
  17. Chamemos-lhe Manel. Conheci o Manel no Facebook, meio que por intermédio do namorado da irmã dele. Chamemos Zé ao namorado da irmã do Manel. O Zé e eu participava-mos de um fórum sobre as touradas, em que defendíamos o fim das mesmas. Como o Manel também fazia parte desse universo de defesa dos direitos dos animais, pensei que seria boa gente. Foi ele quem iniciou o contacto e começámos a falar. Falávamos muito. Horas intermináveis, noites inteiras, e eu a sentir que tinha finalmente encontrado alguém igual a mim em quase todos os aspetos. Havia sinais de alarme: as duas relações que o Manel tivera fora com a sua prima em primeiro grau e com uma "amiga que via como uma irmã mas pela qual se sentia atraído". Por causa dessas coisas que me deixavam de pé atrás, e devido à minha primeira relação que tinha sido um inferno, demorei um ano a conhecer pessoalmente o Manel. Tinha -muito- medo de me magoar, de ser enganada, todas essas coisas que cedo aprendemos a esperar da maioria dos homens. Acabei por ceder, toda a gente assegurando-me que ele não era igual aos outros. E, de facto, não parecia: falava muito do futuro comigo, planeava como seria quando morássemos juntos, até chegou a imaginar a nossa morte conjunta, aos oitenta anos (sim, big LOL).Apaixonei-me pelas promessas, pronto.

    O Manel, depois de lhe passarem os primeiros meses de entusiasmo inicial, revelou-se uma não-pessoa: quando não estava comigo, passava o dia na cama ao computador, porque apesar de estar inscrito na faculdade decidiu cagar pr'aquilo (pardon my french), era um inferno para tentar que saíssemos de casa (para ele estava ótimo passarmos o dia inteiro deitados a ver filmes), tinha mais medo de tomar banho que o meu gato, era incapaz de oferecer alguma coisa ou preparar um dia mais especial em aniversários e natais, escolhia sempre estar com os amigos em detrimento de mim, quando as situações se colocavam. O pior? Depois de mais de um ano de conversa sem nos conhecermos pessoalmente, em que me garantia repetidamente que nunca me iria enganar, que queria um amor para a vida e que eu era essa pessoa... deixou de gostar de mim meses depois de nos conhecermos e achou conveniente não mo dizer e manter-me com ele, enganada sobre o que significava aquela relação. Aos poucos foi retirando todas as promessas que me fez, culpando-me a mim por esperar demasiado dele, e foi precisa muita insistência da minha parte para o levar a admitir que, e passo a citar, não me conseguia "corresponder". Não deixa de ser irónico que a pessoa que me tentou convencer de que os homens não são todos iguais me tenha deixado convencida de que não podem ser todos iguais... porque cada um é pior que o outro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. lamento mas, não vais ganhar. Deve haver para aí pior...

      Eliminar
    2. Tenho a certeza que há pior, até porque eu própria tenho uma história mais grave... mas como roça o violento achei por bem deixar de lado ;)

      Eliminar
    3. Portanto tens um trunfo e não jogas...

      Eliminar
    4. NR, esta história foi a que realmente me doeu na alma, digamos. A outra foi só uma coisa má que me aconteceu.

      Eliminar
    5. Nada bonito... Enfim.

      Eliminar
    6. Realmente, por muito cuidado que se tenha acho que nunca se conhece uma pessoa por completo... que grande (e péssima) surpresa este Manel se veio a revelar...

      Eliminar
  18. Ao fim de 4 anos, o meu foi viver comigo e passado 15 dias acabou tudo comigo porque tinha saudades da mãe e queria voltar pra casa........

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahah (desculpe) Já ganhou! :D

      Eliminar
    2. Às tantas nem lhe fazias o Nestum de manhã e o desgraçado sentiu-se perdido.

      Eliminar
    3. LOOOL que anormalão!!

      Eliminar
    4. Anónimo, acho que se esmiuçar mais um bocadinho acaba em primeiro lugar!!

      Eliminar
    5. Tão bom!!! LOOL

      Eliminar
    6. Desculpe mas Hihihihi xD Só pela gargalhada que me soltou que fez estremecer o meu filho que dorme aqui ao lado...já ganhou :p Agora vou continuar a rir-me :) :) :)

      Eliminar
    7. Este é um bom filho do diabo!

      Eliminar
  19. Não conhecia o hotspot :-)
    Mark Margo
    www.markmargo.net (site cor de rosa de celebridades e cinema)

    ResponderEliminar
  20. Nem sei se deva fazer um relato do meu Ex depois de ler o relato da Nádia xD coitada da moça! Mas de qualquer das formas, acho que o meu Ex era uma peça até semelhante ao Manel da Nádia.

    Era um bicho do mato. Primeiro fazia judo mas era tão bom naquilo como eu a coser meias (sou horrível a coser seja o que for, mas meias... Jesus!) por isso optou de livre vontade desistir do tido desporto, no entanto a culpa era - tan tan tan tan - MINHA, pois claro está. Porquê? Só ele sabe e mesmo assim se calhar não sabe, que aquela cabeça não lhe serve para muito. Além disso dizia-se um garanhão, já tinha comido mil e uma antes de mim e isso só me fez adiar a «comidela» por quase um ano e mesmo assim quando se deu só me veio comprovar que errei em não ter adiado o não-tão-brilhante-acontecimento por tempo indeterminado. Deprimente que só visto, começou a fechar-se no seu mundinho onde abrir os estores do quarto era um atentado à sua saúde pois dizia que reflectia no ecrã do computador que lhe fazia companhia 24h por dia e sabe Deus o que nele fazia. Aquilo começou a chatear-me, uma Mulher quem um Homem para sair, ser feliz, ir ao cinema. Se eu quisesse alguém que nem companhia me fizesse namorava com um vegetal!!! Comecei a «azucrinar-lhe a cabeça» - como ele tanto dizia - com essas questões e foi aí que a manipulação se deu. Eu, Arya de 17 anos, qual estúpida apaixonada por um totó de primeira, cedi a essas manipulações sem sequer me dar conta ou questionar o que fosse. Quando dei por mim já não via os meus amigos há meses, não saia com mais ninguém além dele, não falava com mais ninguém além dele e era muito basicamente a sua escrava sexual que «ou me dás o que eu quero quando eu quero ou vou arranjar outra». Estúpida fui eu em não lhe ter respondido «então vai lá, que para a miséria que és dificilmente a encontras». Fosse eu na altura como sou hoje e o gajo acabava bem fodido mas não da maneira que ele gostava! Depois de me isolar de todo o universo, houve um dia em que simplesmente desapareceu do mapa, fiquei quase duas semanas sem saber dele até que me enviou uma mensagem em que dizia que me amava muito. Ficámos de nos encontrar no dia seguinte para esclarecer as coisas, nesse dia acabou tudo comigo porque aparentemente «já não sentia nada por mim». A Nádia tem razão, os homens não são todos iguais porque cada um é pior que o outro. Mas dou graças a Deus (não é a Deus, é a mim mesma, mas anyway) por ter aberto as portas do meu coração àquele traste. Hoje sou uma pessoa muito melhor, mais confiante, decidida e com pensamentos muito próprios! Amen.

    ResponderEliminar
  21. Bom eu devo ter sido umas das piores Ex, vou contar a minha historia. Namorava a uns meses com um rapaz, ele tinha os amigos dele e eu os meus, saiamos juntos mas também cada qual com os seus amigos. Um tempo antes da passagem de ano ele convidou-me para passa-la com ele e com os seus amigos, mas eu queria mesmo ir com as minhas amigas para o algarve porque elas estavam a combinar a passagem de ano na casa de uma dela. Então eu disse-lhe que ia para casa dela e tinha mesmo de ir porque a mae dela já tinha comentado com a minha que íamos juntas. Resultado por volta das 21h00 do dia 31 de Dezembro, resolveu fazer-me uma surpresa, depois de uns copos bebidos, foi ao meu encontro percorrendo 300km, antes de chegar ligou-me sem dizer onde estava mas eu no meio da festança fiquei sem bateria, ele ficou sem gasóleo na via do infante e passou a 00h sozinho no carro, como ele tinha um amigo a viver no Algarve, ligou-lhe e ficou na casa dele 5 dias sem atender telefone a ninguém, inclusive a mãe. Eu no dia seguinte soube por uma amiga dele que ele tinha ido ter comigo... continuámos a namorar depois de ele ter aparecido mas uns meses depois acabamos... não era o TAL.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem, acho que no caso do seu ex foi mais a azelhice da parte dele que o tramou! Não se martirize!
      Imagine antes que, muito por exemplo, o seu namorado saía de Lisboa depois do trabalho para ir ter consigo a Faro. Chegava depois da meia noite todo romântico com um ramo de flores que você agarrava e atirava para o sofá (o ramo, não o namorado) e ia para a cama dormir. Como a cama era de solteiro, por se sentir tão apertada durante o sono você empurrava o seu namorado para o chão. Passavam 10 minutos ou 3 horas (que você não sabe porque estava a dormir, só via alguma claridade na rua) e você vê-lo sentado no tapete à chinezinho a olhar para si. "Posso voltar para a cama?" dizia o pobre coitado, sofredor mas giríssimo. Voltava para a cama mas você depressa saía porque tinha aulas no sábado para preparação de exames. Voltava ao fim da tarde para jantar e dormir com o seu amado. Domingo cedo ele voltava para cima. Isto sim é um fim de semana romântico!
      Isto é só um exemplo! Claro que nenhuma rapariga era capaz de fazer uma coisa destas ao seu mais-que-tudo! *cof cof cof*

      Eliminar
    2. Ahah boa resposta Maria Daniela xD

      Eliminar
    3. Ando com vontade de lhe mandar o link do post e dizer "Desabafa, filho." mas não quero que ninguém ganhe uma t-shirt à minha pala!!

      Eliminar
    4. AH! AH! AH! AH! AH! AH! Maria, Maria, saíste-me melhor cá encomenda paaa! AH! AH! ;D

      Eliminar
  22. Bem... depois de ler estes testemunhos todos o meu ex não vai ganhar o prémio, mas não faz mal porque a única coisa que ele merece é um furúnculo no traseiro.
    É médico, como tal tem horários meio estranhos com turnos de 12 horas, daí nunca ter notado que o cansaço era excessivo. Até que uma amiga me disse que o hospital se estendia até um bar numa cidade bem conhecida do Algarve. Como não sou pessoa de "engravidar" pelos ouvidos, tive de ver para crer. Encontrei o Xô doc. todo encavalitado numa "pita" que tinha idade para ser filha dele (é exagero, mas é para dar ênfase à história, que de ficção nada tem) ora como sou uma pessoa bem civilizada pedi uma imperial ao balcão (um cocktail saia caro e ele não valia a despesa) dirigi-me à mesa do "casal" e entornei a Super Bock por cima dos genitais do garanhão, dei meia volta e vim embora... até hoje implora para voltar... mas para mim, quem nasceu para Super Bock nunca vai chegar a Leffe Blonde.
    Foi isto... básico...básico... :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi issi e foi bom!!! Para mim, entra no top 4. Nem que seja porque o facto de ser um xô doutor dá uma graça extra à história.

      Eliminar
    2. Bah, médicos. Más experiências aqui tambem lol

      Eliminar
  23. Depois de ler a maior parte acho que sou eu que teve o pior EX. O meu ex para acabar comigo deixou-me um bilhete no vidro do carro que dizia "J..., Sabes aquela musica que tu tanto gostas: "Estou fazendo amor com outra pessoa, mas meu coração será sempre seu". É isso que está acontecer na minha vida, tirando a segunda parte. Fui!" Como ficavam depois de um cabrãozito destes?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cabrão mesmo!

      Eliminar
    2. Ao menos sabia a música que tu tanto gostavas. Anormal...

      Eliminar
    3. A não ser que apareça aqui algo muito escabroso, este e o game over têm de ser finalistas!

      Eliminar
    4. Aqui o meu colega de trabalho, lembrou-se de um ex-colega dele que acabou o namoro por e-mail, e pelo e-mail profissional. Parece que se levantou como se nada fosse, despediu-se da moça com uma bela beija e quando chegou ao posto de trabalho, trata de digitar o mail à rapariga. Depois disse que ia tirar o resto do dia, e foi para casa empacotar.

      Eliminar
  24. O 1o deixou-me por outra. Hoje é casado com essa outra e tem um filho.
    O 2o tb me deixou por outra. Hoje é casado com essa outra e tem uma filha.
    Ganho ao menos o prémio consistência não? :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. LOL! Não és "wife material".

      Eliminar
  25. Bem o meu ex foi o meu primeiro namorado mas ele queria andar com duas ao mesmo tempo e pior dos males, eu no meio da história era a que ficava para segundo plano, foi pena porque gostava dele era o meu primeiro amor sofri muito porque sabia que andava comigo e com a outra ao mesmo tempo mas como gostava dele deixei andar algum tempo. Até que ganhei amor próprio e mandei-o pastar. E tudo passou foi a maior desilusão que tive por amor.

    ResponderEliminar
  26. Decidi participar em anonimo, pera me resguardar desta exposição e pela péssima historia que vivi. Acho que o meu Ex ganha a qualquer um!
    Quando conheci o meu ex, acreditava ter encontrado o meu príncipe encantado, era meigo, gentil, charmoso, lindo de morrer, como achamos só haver em filmes. No fim o príncipe virou a sapo!
    Era um mentiroso e manipulador do pior, começou logo de inicio a mentir dizendo que tinha um curso xpto, e afinal não passava de um amador ilegal! Com esse dito emprego, não tinha muito tempo livre, haviam fins de semana que passava a trabalhar, noites a trabalhar, dias a trabalhar. Tudo naquele trabalho dependia dele e da sua dedicação. Quando amamos sofremos, mas ultrapassamos na esperança de conseguir o amanha melhor. Quando discutíamos a culpa era sempre minha, porque dizia que eu exigia demasiado dele enquanto ele lutava por nós! Eu ia-me engando e pensava de ele era capaz de ter razão... o amor é cego.
    Um dia por MSN disse que tinha que falar comigo porque ia trabalhar para um Pais aqui ao lado, e que isso ia ter como consequência o terminar da Nossa relação de 3 anos e meio quase quatro. Eu entrei em pânico, pensei que dava em louca, chorei baba e ranho á beira dele, sofri como nunca pensei ser possível. Aos poucos fui me levantando e com isso chegavam até mim todas as verdades, ele não era a pessoa que se fazia passar nem sequer profissionalmente, basicamente é um merdas que vive de arranjos, nunca foi trabalhar para o estrangeiro, continuava cá em Portugal e tinha uma outra namorada gravida , e esta relação já durava há 10 anos. A vida dele é uma farça, não passa de uma mentira, andava com todas as mulheres que lhe dessem trela, enquanto namorava comigo passava fins de semana com outras. No fim não eramos só duas, mas sim muitas sem conta. Sofri ainda mais com tudo isto, o que contei é pouco comparado com tudo que vivi e descobri. Hoje passados quase 2 anos, sinto me livre e agradeço ter descoberto, porque ao contrario estaria ainda hoje a viver aquela historia e continuaria ser enganada. Até porque agora é ele quem me manda msg e me procura, sem sucesso claro! E a namora atual? continua em casa e penso que ainda com a festa enfeitada. como vai viver sempre que estiver ao lado dele. Ah já para não dizer que esconde a namorada e a filha de toda a gente, só os próximos sabem disto!!!

    O texto é extenso, mas acreditem que resumi!

    ResponderEliminar
  27. Decidi partilhar a minha história em anónimo porque aquele traste não merece a infelicidade de namorar com ele!
    Ora, o namoro começou depois do verão, tudo muito lindo e com todas as coisas boas que dai advêm... o problema começou a seguir. Eu não tinha carta na altura, e era ele que ia ter comigo, mas... com o decorrer do tempo, quis que eu lhe desse dinheiro para ir ter comigo, porque ele não podia gastar gasóleo! Depois, enquanto estávamos juntos, estávamos bem, ele ia para casa e ao falarmos só discutíamos, porquê? Porque ele ia para casa falar com a irmã e ela enchia-lhe a cabeça, e dizia que eu não gostava dele porque não punha nada no facebook (Acham isto normal?!) Começamos a ir a casa um do outro, e assim, e ele entrava mudo e saia calado da minha, ele só comia, não falava com ninguém ao almoço ou ao jantar, o quer que fosse... No entanto, as coisas foram indo e chegamos "a vias de facto" e a única que ele me soube dizer foi que não gostava do que via porque eu estava mais gorda do que quando nos conhecemos! (Vestia o 34 de calças, como podem imaginar estava obesa) O melhor foi quando ele teve a feliz ideia que namorasse comigo, mas tivesse encontros extra com as amigas... E basicamente foi esta a minha experiência amorosa, que como podem imaginar terminou bastante depressa! E foi o melhor que pude fazer! Se os arrependidos fossem ao céu...
    Obrigada Gata por este desabafo!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que te livraste desse traste!

      Eliminar
    2. Mesmo que tivesses mais gorda do que quando te conheceu há certamente uma maneira com mais tacto de dizer as coisas... acho que o teu ex é um cabrão e nada mais.

      Também tive uma peça assim na minha vida e desenvolvi anorexia à conta da brincadeira. Hoje estou mais gorda do que quando ele me disse que tinha vergonha de estar comigo e o meu marido não tem vergonha de mim, bem pelo contrário (e não, continuo sem estar gorda, antes estava era magra de mais).

      Eliminar
  28. Elisabete P.28 outubro, 2015

    O meu último EX acabou comigo por um motivo absurdo. Peço desculpa pelo excesso de informação, mas se não contar os detalhes não dá para entender.

    Um dia, quando estávamos a ter relações sexuais com ele por cima de mim, ele pediu para que eu lhe enfiasse o dedo mindinho no ânus. Muito a contragosto, e perante a insistência dele, lá acedi daquela vez. O problema é que este pedido se tornou recorrente, e chegou a uma altura em que tinha de ser todas as vezes, e pior que isso, deixou de ser o mindinho e passou a exigir um dedo mais grosso.

    Um dia perdi a paciência e disse-lhe que tinha de consultar um psicólogo e falar sobre o assunto; ficou todo escandalizado, que era algo muito normal, e que se eu não fazia aquilo era porque não gostava dele. Foi-se...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Relação estranha, essa... E ele trocou-a por outra ou por outro?

      Eliminar
    2. Há homens que gostam e têm muito prazer nisso, não sendo homossexuais. Isso já é um tanto preconceito à mistura.

      No entanto, ainda bem que terminaram uma vez que não se sentia bem a fazê-lo certamente que ele não era o homem certo para si.

      Eliminar
  29. Gata, muito concisamente: éramos amigos desde a adolescência. Começamos a namorar aos 20. Aos 25 pediu-me em casamento. Íamos casar em 2013. Depois do Natal de 2012, disse-me que não estava bem e precisava pensar. Eu deu-lhe tempo e espaço. Até que tive que tomar a iniciativa de terminar, porque ele não tinha tomates, muito basicamente. Uma amizade de dez anos e um namoro de cinco e do dia para a noite, deixou de me falar. Que as pessoas deixem de se amar, eu percebo, mas a falta de consideração... Não sei se o meu é o pior, mas não o desejo a ninguém ;)

    BSoares

    P.s. desculpa a crueza do discurso :*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Conheço um parecido, mas foi a poucos meses do casamento com convivas todos confirmados, vestido comprado tudo pronto para o grande dia e ele acabou com a moça.

      Eliminar
    2. Conheço ainda pior. Ele casou com ela e já tinha uma amante. Passou a lua de mel ausente e quando voltou, disse que tinha de pensar, que não sabia se era aquilo que queria. Ela descobriu, ele negou, ela tinha provas, ele continuava a negar. 10 anos de relação, 3 meses de casamento e deixaram de se falar. Espero bem que a vida trate de o castigar.

      Eliminar
    3. Anónimo28 de outubro de 2015 às 21:52, tambem conheço um caso muito identico... sera o mesmo? Casamento em S. Miguel Açores, será?

      Oh espera, conheço 2 assim! O outro, o casal namorava a 12 anos e tavam de casamento marcado quando ela descobriu q ele tava de casamento marcado com outra... e casou c a outra...

      Bem afinal nao deve ser nenhum destes!

      Eliminar
  30. O meu Ex, era um skalter... mexia no telemóvel, não podia ir a lado nenhum sem ele, não podia nada, nem dar um peidinho! Mesmo quando decidi que aquilo não era vida para mim e antes que tomasse outros caminhos, a criatura perseguia me para todo lado, não fosse eu já ter outro. Só acalmou quando levou com uma queixa na polícia.
    Será que ganho?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aconteceu-me o mesmo. E era novinha, 19 anos... foi um susto para a vida.

      Eliminar
  31. Ora muito bem, é a primeira vez que comento apesar de já seguir o blog há algum tempo mas não podia deixar passar em branco desta vez. Ora o meu ex era tão mau mas tão mau na parte, bem na parte dita mais íntima que tive que arranjar algumas opções. Eu bem que comprava coisas para retardar o fim da acção, para ver se a coisa durava mais que uns minutos mas nem assim funcionava. Bem sei que a relação é mais que isto mas no resto ele também não era lá muito bom. Ora não queria ir jantar comigo porque a mãe já tinha feito o jantar, ou porque tinha que ir ao cemitério com ela.... Uma noite até preparei um banho com velas e musica ambiente... reclamou que não podia entrar que a água não estava boa. E atenção que não sou nenhuma top model mas acho que até me safo bem. Não sei se é o pior ex de sempre mas que não deixa boas recordações não deixa....

    ResponderEliminar
  32. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  33. Peço desculpa, mas mandar msg a acabar é muito fraquinho! O meu EX simplesmente deixou de atender telefones, responder a mensagens, etc. Foi literalmente "comprar cigarros e nuncá mais voltou"! Acho que isto merece um prémio de consolação, não?

    ResponderEliminar

  34. Bem, o meu EX. Foi a pessoa mais horrivel que já conheci em 26anos de existência. Não sei se é o pior ou melhor que o vosso só sei que para mim foi como se o diabo me acompanhasse todos os dias. A começar pelo facto de.ser um controlador de primeira categoria, de tal maneira que tinha que pedir o seguinte: posso ir às compras? Posso ir ver o meu pai? Posso ir comprar um gelado? Posso ir sair com a minha mae? Achas que vai dar para tirar uns dias pra ir visitar a minha familia ao Continente?
    Saí, mais cedo posso ir dar uma volta? Opah a sério, tudoooooooo. E a maioria sas vezes a resposta era um rendodo não seguido de uma briga descomunal... eu sei, fui uma burra por aceitar que me controlassem dessa maneira mas enfim...eu achava que não vivia sem ele.
    Após uns tempos começou o pio, quando comecei a bater pé o resultado era o impensável....ele batia-me. Sim, batia-me de forma que chegava a casa com marcas na cara e nos braços que eram.impossíveis de esconder da minha mãe. Foram quatro os episódios mais graves mas eu sempre achei que aquilo lhe ia passar. E passou....quando eu o deixei de vez, quando me fartei por completo e quando finalmente me olhei ao espelho e percebi que eu não tinha necessidade nenhuma de passar por aquilo e que com.certeza aquilo era tudo menos AMOR...
    Para além dessa parte menos boa, haviam as traições que só soube da maioria delas depois de acabarmos e a mais humilhante descobri através do meu próprio irmão que felizmente me abriu os olhos.
    Enfim, podem me julgar por falar neste tipo de assunto tão sem papas na língua mas a verdade é que não dói mais, já doeu muitos, mas não doi mais....hoje sou feliz ao lado de alguém que me ama, me completa e acima de tudo me respeita e é c ele, o meu noivo que eu quero viver o resto da minha vida.
    Agora querem saber da parte "melhor"??? Eles tem o mesmo nome 😈...
    Fim...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não há segundas oportunidades para agressões! Quem faz uma vez vai fazer outras vezes de certeza! É matemático! Não vale a pena investir mais um minuto que seja em pessoas assim! Abram os olhos meninas e meninos que sofram de violência por parte do companheiro! Sem segundas oportunidades pf!

      Eliminar
    2. Parabèns por ter tido a coragem de sair de um relacionamento abusivo. Muitas felicidades.
      Ana*

      Eliminar
    3. Obrigado...só eu sei como foi duro, amargurante e desgastante viver ao lado de um animal daqueles. Hoje em dia não tolero que NINGUÉM jamais me levante a mão nem a brincar...ossos do ofício :/ viva ao present!

      Eliminar
  35. desconhecia tal programa...

    ResponderEliminar
  36. Eu não sei o que é mais genial, se a ideia do post, se os comentários! O meu Ex, sumiu deve ter sido raptado por ET ou voltou à galáxia de onde pertencia a "raio que o parta! Obrigada por me teres feito rir!
    Beijinhos
    Flash'sByCinhaPacheco

    ResponderEliminar
  37. - Vais te deitar? Boa, eu tambem, estou cansadissimo, ate estou meio doente... Obrigada, isto passa. Beijinhos, ate amanhã.

    (amigos a tocar a porta, zuca para a festa!)

    Claro q a mentira tem perna curta, e eu soube disso. Passei me!! Resposta dele: "oh, entao, ja sabia q tu não ias gostar".

    Gostei mais assim cabrao? -.-

    Lição para a vida: Mentirosos nunca mais!

    ResponderEliminar
  38. Ana Moreira29 outubro, 2015

    Bem vou então contar a minha história: Há 4 anos e meio atrás a minha melhor amiga namorava com o Tiago, eu e o Tiago davamo-nos muito bem e como ele sabia que eu nunca tinha namorado lembrou-se de me apresentar o André (grande amigo dele). Numa "bela noite" de Fevereiro eu e a Cátia (a minha melhor amiga) fomos ter com eles . Correu tudo ás mil maravilhas, ele disse que eu era linda, eu achei-o simpático, continuamos a falar e eu a continuar a ignorar os erros ortográficos dele que se repetiam nas mensagens. O tempo passou e começámos a namorar mas só estávamos juntos aos fins de semana à noite, na altura eu achava normal porque ele andava na faculdade e eu pensava que ele estava sempre em aulas (LOL eu era tão inocente...) . Entretanto o Tiago veio falar comigo e disse-me que o André namorava comigo e com outra...ao mesmo tempo, nesse dia estive com o André confrontei-o e ele negou.
    Após ouvir a versão dele pesquisei no facebook coisas que me dessem a entender que ele realmente me andava a trair...e não é que encontrei várias fotos no facebook da outra rapariga com ele numas festas quaisquer ?
    Depois disso nunca mais estive com ele apesar das tentativas ridículas (desde chamadas em número privado, perfis falsos de facebook, etc...)
    Ainda acham que o vosso Ex é pior que o meu ? ahahahahah
    Após a fase da depressão, de ouvir músicas deprimentes, chorar por tudo e por nada, perder auto-estima e engordar que nem um chibo comecei a socializar de novo com os meus amigos e o Tiago apresentou-me o meu atual namorado (já namoramos há 3 anos) que se chama...André!!!
    Gata adoro o teu blogue!!! Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  39. Ora bene, o meu Ex pediu-me em casamento e passado menos de um ano decidiu que não era aquilo que queria, isto ao fim de 6 anos de namoro. Mas o melhor foi ter descoberto que ele terminou porque engravidou outra moça e que fazendo as contas já dormia com ela enquanto ainda estava comigo.
    Acho que mereço a t-shirt oh Gata :)

    ResponderEliminar
  40. Vou-vos dar a conhecer um pouco da minha novela mexicana:

    O meu Ex tem o dom de inventar histórias que não lembra nem ao menino Jesus, passo a enumerar alguns dos seus feitos:

    - Mentir que tinha emprego quando não tinha.
    - Inventar no trabalho dele que eu estava grávida, para conseguir uma história e para conseguir sair de vez em quando para ir às supostas ecos.
    - Inventar que eu tinha perdido a criança e com isso conseguir uns 10 dias fora do trabalho (a história já estava a durar há alguns meses)
    - Mentir-me ao dizer que estava com o primo em casa dos tios e eu vê-lo com a EX dele no carro passados 2 minutos (esta merece as maiúsculas porque à pala disto acabei com ele e foi o melhor que eu fiz).

    Após terminar namoro, mas ainda relacionado comigo:
    - Fazer uma tatuagem com o meu nome no braço a pensar que eu voltaria para os braços dele a correr (volto a frisar "após terminar namoro").
    - Tapar essa mesma tatuagem cerca de 6 meses depois com um leão (btw é o meu signo, e enviar-me uma carta a explicar o porquê do leão).
    - Inventar às namoradas seguintes que ele acabou comigo porque eu lhe batia todos os dias e ele estava farto.
    - ...

    Ainda acham que o vosso Ex é mauzinho? ahah

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  41. Esta ideia tem imensa piada :D

    Ora vamos lá à história do meu querido Ex.
    Durante os três anos da nossa relação nunca conheci os amigos ou família ou o que seja, apesar de ele conhecer os meus amigos.
    Quando acabamos foi muito querido: esteve duas semanas sem responder a SMS ou a telefonemas e depois teve a lata de me dizer que eu é que não quis saber dele durante essa tempo.
    Depois num dia estava quase a morrer e no dia seguinte já estava bem.
    Um dia resolveu dizer-me que eu não servia para namorada dele. passado uma ou duas semans já tenha saudades minhas. achei por bem ignora-lo.
    Passados dois meses, mais ou menos, mandou uma SMS a dizer que tinha saudades minhas e que gostava de estar comigo; disse-lhe para se tratar; não percebeu porque estava a ser e passa a citar "tão má para mim".

    E foi isto...

    ResponderEliminar
  42. O meu ex que segundo o próprio nunca foi meu namorado foi provavelmente a pessoa que mais mal me fez. Passo a enumerar os feitos da pessoa:
    - Conhecemo-nos numa festa de Halloween e mesmo sabendo que eu estava noiva, não parou de flirtar comigo;
    - Depois disso continuou a insistir e, eu não sei muito bem porquê, terminei o meu noivado de 1 ano e a relação de 6 anos;
    - Quando já estava solteira e disponível para estar com ele, levou-me a passear ao parque e disse-me que não podia ficar comigo, porque quando se tinha mudado para este país tinha prometido a uma pessoa que esperaria por ela;
    - Depois disso fui de férias de Natal e quando regressei a dita pessoa estava cá com ele em modo "pombinhos";
    - A rapariga que cruzou o Atlântico para estar com ele foi-se embora e ele acabou com ela de imediato. Voltou a rodear-me, a insistir e que só percebeu o quanto eu sou importante quando se viu sem mim. Cai outra vez;
    - Depois pensei que podiamos ser felizes juntos. Ele tinha dificuldades financeiras e pediu-me se eu me importava que ele fosse viver comigo por uns tempos. Acedi;
    - Viveu na minha casa durante 6 meses, sem trabalhar, sem contribuir com 1 cêntimo;
    - Tornou-se obcecado com os meus horários. Se chegava 10 min depois do tempo previsto ligava-me aos gritos;
    - Isolou-me completamente. Não queria que eu saisse com os meus amigos, colegas, etc;
    - Queixava-se que não tinha dinheiro. Que gostava de ir correr, mas que não tinha roupa, que não conseguia arranjar trabalho porque não tinha roupa, etc. E eu comprava;
    - Controlava o meu telemóvel e o meu Facebook;
    - Acabou comigo no dia em que fui de férias de verão. Não conseguia estar numa relação. O problema não era eu, era ele;
    - Regressei de férias, encontramo-nos e disse-me que tinha muitas saudades e que a partir desse momento não estariamos mais juntos, mas que poderiamos estar juntos sempre que quisessemos;
    - Continuou sem trabalho e pediu-me para continuar a viver na minha casa. Segundo ele podiamos pedir à senhoria uma cama beliche ou duas camas e dividir o quarto;
    - Coloquei-o na rua. Começou a andar com outra. A história repetiu-se! Mas agora está preparado para uma relação. Há 2 meses pediu-a em casamento.

    Mereço o prémio. Nem que seja pelo mal que ele me causou.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas você não está inocente, de todo. Se calhar foi o karma a atuar, ou acha que não causou sofrimento ao seu noivo da altura, namorado de há 6 anos, para ir no jogo de um flirt?

      Eliminar
    2. Posso estar a ser má, mas o anónimo tem razão...foi burrice!

      Eliminar
    3. Ainda bem que terminou o seu noivado. Como se viu, não gostava verdadeiramente dele. Há males que vêm por bem ("males" bastante meus") :P

      Eliminar
  43. Olá Gata,

    Não tive o pior Ex, mas acho que eu fui a pior Ex que alguém pode ter.

    Tinha uma relação já de algum tempo, no inicio era perdida de amores por ele. A relação foi andando e estávamos bem , mas ele num dia acaba comigo do nada. Claro chorei baba e ranho, mas passado um dia começámos a falar e voltámos novamente. Acontece que a relação foi avançando e estávamos bem até que um dia um rapaz de quem eu sentia uma ENORME atracção voltou a falar comigo, voltamos a falar, encontramo-nos e não consegui resistir.
    Bom, depois quando cheguei a casa senti-me arrependida e pensei que o "João" não merecia aquilo que lhe tinha feito. Liguei-lhe com a maior cara de pau a fingir que estava a chorar e a contar-lhe o que tinha feito. Coitado, ele ficou sem reação, calado durante minutos e depois disse: Estou muito magoado e nunca pensei que me fizesses isto, mas eu perdoou-te porque gosto muito de ti...Coitado, hoje quando me lembro disto sinto remorsos! ´
    Bom a relação foi andando e estávamos bem, mas de vez enquanto continuava a ir ter com o outro sem o "João" saber, até que um dia cortei mesmo tudo com o outro, até porque ele tinha ma relação de 7 anos com uma rapariga.
    Eu e o "João" continuamos a nossa relação ainda por imenso tempo. Até que um dia fui passar um fim de semana com uma amiga e conheci o "André" e pronto fiquei encantada com o "André", passei o fim de semana com ele e nem atendia as chamadas ao meu namorado, ele até chegou a ligar para a minha amiga.
    Quando cheguei ao pé dele na segunda feira, ele vinha cumprimentar-me e eu disse-lhe: daqui nada já falamos. Mais uma vez, fui falar com ele, contei-lhe o sucedido e acabei com ele. Ele chorou muito, implorou para ficar com ele, implorou para não o deixar, mas eu virei lhe as costas e disse lhe: ao menos fui sincera contigo! (Que má, que bruxa , que fria que fui, eu sei!)

    Na terça feira fazia anos, e ele tinha comprado umas alianças de namoro para me oferecer, vejam só. Nesse dia mandou me uma mensagem a desejar me os parabens e ainda implorou de novo para voltar comigo... não lhe respondi. Ahh e ainda mandou as alianças por uma amiga minha.

    Já passaram anos, mas hoje vejo que fui uma namorada de porcaria. Sinto remorsos e sei que ele não merecia isto que lhe fiz. Espero que ele seja feliz e que encontre alguém que o respeite.
    E hoje eu já não só assim, graças a Deus.

    Então gata não mereço o prémio da pior, das piores Ex´s? :P

    Beijinhos "Solange Ferreira"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já não é assim? Até aparecer outro... Desculpe que lhe diga, mas acho que quem trai uma vez, trai sempre. Acredito que as pessoas mudam sim, mas não acredito em mudanças tão radicais. Acho que merece ir pelo menos para o top 4, sim!

      Eliminar
    2. Bom mudei mesmo muito.
      Hoje já tenho uma relação de 8 anos e nunca , mas nunca traí porque gosto mesmo dele, porque não o quero perder e porque sim, ele é o tal. E claro eu também estou mais velha e a maturidade é diferente.

      Eliminar
  44. O meu ex é o pior de todos: deixava-me constantemente sozinha... para sair com os amigos, para andar de bicicleta, para ir ao ginásio, para ir a provas, para isto e para aquilo... até que aqui a ordinária, tinha muito tempo livre, tempo demais, e conheceu outro rapaz.... (com muito tempo disponível para mim), e não pensou duas vezes.... aproveitou ao máximo... qd foi descoberta a traição, ele roubou-me €€... muito, Falou mal de mim a toda a gente... hoje ainda estou esse rapaz e feliz da vida :) portanto eu é que fui a cabra e a pior ex de sempre.... traidora, etc.... lamento. Sou uma cabra feliz :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não percebo o orgulho com que algumas pessoas falam em traição, sinceramente.

      Eliminar
    2. Solange Ferreira29 outubro, 2015

      Infelizmente acho que fui mais cabra! :/

      Eliminar
  45. O meu ex tratava-me de uma forma tão especial mas tão especial que preferia andar com outras para não me "gastar", desde vizinhas, conhecidas, primas dele e até mulheres casadas...aquilo era uma papa-gajas que era uma loucura, obviamente que a cabides ambulante aqui não sabia de andava a ser motivo de piadas e piadolas. Nunca me acompanha para nada, andava sempre mal com a vida, não gostava de trabalhar. eu é que tinha de procurar trabalho para ele, gostava de me tentar desmoralizar física e intelectualmente...até que ganhei amor próprio e ofereci-lhe um belo par de patins no final eu é que tive os defeitos todos...enfim!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um par de patins foi pouco!!!!!!!!!!!
      Eu a pensar que não havia homens assim!!!!!

      Eliminar
    2. Mas ainda há...quer dizer para mim houve e ainda bem que é passado :)

      Eliminar
  46. O meu ex é tão querido que acabou comigo 4 dias após fazermos 3 anos de namoro.
    No dia em que celebramos os 3 anos, ofereceu-me uma almofada daquelas anti-stress em forma de coração (tão fofo!) e proferiu as seguintes palavras: vais precisar dela....!

    Um doce de rapaz!

    ResponderEliminar
  47. bem, eu provavelmente sou a pior ex... eu me confesso.. e podem, ate aceito que me critiquem, mas em minha defesa alego que estou a 9 anos com o meu namorado/companheiro e sou fiel...
    Bem... em "miuda" (before 20), era muito namoradeira, sim, tive alguns namorados, hoje em dia nao me arrependo, talvez pelo "peso" da idade e por achar que se estamos cá é p aproveitar a vida.. mas adiante!
    Ora, eu, bitch de 1a me confesso... acabei varios namoros por sms e desaparecia completamente ou pedia que nunca mais me falassem! Facilmente me "apaixonava" e me desinteressava! Alguns achava.os interessantes pq eram mais velhos (20 e poucos anos), pq tinham carro ou me davam presentes!
    Traí alguns deles e em cada traição, nao havia volta a dar, tinha q acabar a relação (ao menos isso)... Cheguei a curtir (q era assim q se chamava na altura) com o namorado da minha melhor amiga... que depois ela traiu com outro rapaz (karma is a bitch). Tambem tive um namorado que era do diabo que era super ciumento (talvez c razao, ou nao) mas que chegou a agarrar-me por um braço e me ameaçar num bar que ou lhe dizia p quem estava a olhar ou a coisa ficava feia... (e p acaso nao estava, estava naquela relação de forma seria).
    O meu ultimo ex, de á 9 anos, deixei-o por sms depois de namorarmos 1 ano e 3 meses e eu ter vindo trabalhar a 300km de casa e o ter traido com o meu actual companheiro, ao qual sou fiel e respeito!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eheh pelo menos eu, anonimo das 11h38, não me sinto tão mal após ler o teu.. Não me sinto tão cabrita, vá... Obgd pela partilha

      Eliminar
  48. Vou contar a minha história do meu "Ex", para mim ele era uma coisa à seria, eu pra ele era mais uma..
    Dizia-me as coisas mais bonitas do mundo e eu acreditava (ainda era uma miúda inocente), pensava q ele gostava mesmo de mim, estávamos juntos como namorados em frente aos pais dele (que por sinal são boas pessoas, o filho nem se compara).
    Qual é o meu espanto quando descubro que ele dizia "as coisas mais bonitas do mundo" a mais 15 ou 20 miúdas com quem ele falava?
    Amigos tentaram abrir-me os olhos em relação a ele, mas para mim ele era o "tal" era perfeito!
    Acreditam q ele chegou ao ponto de estar off comigo mas depois íamos às mesmas festas de amigos em comum e ele aparecia lá com outra? Depois enviava mensagens para mim com cara de pau a dizer que eu estava linda e que me desejava. Com o tempo fiquei a perceber que era eu a corna mas as outras também o eram, enfim.. andávamos todas com o mesmo sem nos apercebermos. Lol

    No final disto tudo, viu que eu já não tinha mais olhos para ele e ainda veio armado em cão atrás de mim! Dei-lhe um pontapé no cu e ele finalmente viu que a felicidade no meu rosto não era por causa dele ;)

    ResponderEliminar
  49. Cláudia B.29 outubro, 2015


    Olá Gata! Não podia deixar de partilhar contigo a minha aventura nessa saga da vida “…o meu Ex é pior do que o teu”....
    O meu Ex não só é o pior, como é um valente traste, anormal adepto da mentira.
    Opto por contar apenas uma pequeníssima parte...se fosse a relatar tudo, nunca mais seria Natal!!!

    Ora então a minha (ex) relação durou 6 anos, dos quais 5 em união de facto.
    A certa altura da vida, o meu Ex ficou desempregado, o que significava ficar por casa a deprimir a comer porcarias e a não mexer uma palha, eu saía do trabalho e ía então para casa fazer tuuudddoooo.
    Porém a certa altura do seu aborrecimento, achou por bem ocupar os tempos livres…no engate. Como??!! Sim, no engate!!!
    Pois que arranjou uma “namorada” e durante o dia (que tinha imenso tempo livre!) passeava-se com ela livremente.
    Quando entretanto arranjou trabalho, passou a “trabalhar” até mais tarde e a fazer “horas extras” – estranhava o facto de não receber mais nada por isso, mas ele alegava que nada podia fazer se não corria o risco de ficar sem trabalho.
    Lindo, não é!?
    Alguns meses depois descobri tudo, a vida dupla as milhares de mentiras e a resposta para todos os problemas e discussões que ele arranjava assim do nada!!
    Fiquei sem chão! Estaria a mentir se não dissesse que foi a desilusão da minha vida, mas que graças a ela, hoje sou uma pessoa muito melhor, mais confiante, mais determinada, mais feliz!!

    O traste foi de malas aviadas para casa da mãe….sem não antes me culpar de tudo,e de me rogar mil e uma pragas.
    Durante alguns meses seguintes, fez questão de me insultar, perseguir, de vigiar os meus passos diariamente, tipo sombra mesmo!!!

    Já lá vão uns anos….mas acredito que o karma um dia lhe dê o troco na mesma moeda!

    Felizmente que não são todos iguais, hoje acredito plenamente nisso!! :)

    ResponderEliminar
  50. Ora bem... Por onde começar......
    Pelo inicio suponho.....
    Então tudo começou tinha eu tenra idade... Uns 15... tipica pita inocente... saia de vez em quando com umas amigas mais velhas e eis que surge o dito "artista"... nunca tinha namorado e claro para mim era tudo bonito e bom... nao foi uma relação aceite pelos demais ( familia e amigas/os) pois a personagem em questão era afamada ( muito mal afamado). Mulherengo... não era defeito pelos vistos.. era feitio.... um ano nisto até que cai a primeira bomba... uma fulana gravida dele... confrontei.. contou um filme e disse que foi coisa de uma noite so.. copos.. enfim.. a treta do costume.... os meus pais quase me deserdaram quando souberam que o perdoei... enfim passados uns tempos engravidei eu.. para meu desespero os meus pais obrigaram-nos a assumir o nosso "erro".. ( muito resumidamente, senão não há ecra que chegue para a minha história) fomos viver juntos e na primeira noite de vida a dois, saiu para ir tomar "café" e chegou eram 6h da manha... confrontado disse-me que me habituasse pois não ia mudar de vida só porque eu fui viver com ele..... com vergonha de tudo e todos que enfrentara para o defender e ficar com ele la me sujeitei... teve outras, nunca saía comigo e com a nossa filha para lado nenhum.... passava fins de semana fora, etc... controlava-me tudo.. até o tempo que estava e falava com a minha mãe... tinha pedir dinheiro para tudo, pois nem trabalhar me deixava, tinha que pedir para me levar ao médico, ás compras e afins..... passados uns 3 anos disto comecei a fartar e a tentar impor-me e aí comecei e levar pancada.. fui vitima de violência doméstica física e psicológica..... batia-me constantemente... os pais dele sabiam e nada faziam. a mãe dele dizia-me que a culpa era minha pois eu tinha era que ser submissa e boa mulher... comer e calar basicamente pois por mais saídas que tivesse e mulheres que tivesse lá acabava por vir para casa e era isso que eu tinha que agradecer e apreciar..... tinha que ser boa mulher....
    enfim.. ele tinha uma empresa e supostamente ia em viagens de trabalho quando na verdade ia passar dias fora com as amantes.... vi coisas.. ouvi e presenciei outras mais que sempre negou... ameaçava-me que se eu o deixasse me matava e me tirava a nossa filha.... como a vida mundana nunca traz bom resultado a nivel profissional acabou por dar cabo dos negócios e empresas... ficou com dividas e teve que abrir novas empresas.... usou o meu nome para o efeito.. fez creditos e umas quantas dividas... enfim e com isto se passaram 10 anos de vida (infernal)comum... o ponto de viragem deu-se quando já estava tudo destruído financeiramente e aí já tinha que me fazer á vida pois não estava para me sustentar.. arranjei trabalho e voltei ao mundo cá fora ao fim de 10 anos.. vi que na verdade eu não tinha necessidade disso era capaz de trabalhar para me sustentar e que não por mim mas pela minha filha tinha que mudar de vida e assim fiz....
    deixei-o ficar.... se em dez anos vivi um inferno depois de o deixar vivi o inimaginável... perseguições, ameaças de arma em punho e em publico... até no local de trabalho..... levou a nossa filha por um braço e durante um ano fiquei sem acesso a ela... batalhas e guerras em tribunal para acabar com uma guarda conjunta.... acabou por aos poucos deixar de me perseguir e acabou por ficar com a fulana com quem ja se amantizava há 5 anos.... penso qe continue com ela....
    eu conhecei um homem excelente com quem case há dois anos e sou imensamente feliz no que toca ao amor.... falida mas feliz como se costuma dizer..... sou insolvente.... desde que conheci o meu actual marido nunca mais troquei uma palavra com ele... resumindo e concluindo pode não ser considerado o pior EX aqui pelo estaminé.... mas que é um valente filho da P****** ( a mae dele de facto faz jus ao termo) la isso é..........

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tão triste. Ainda bem que o pesadelo acabou. Desejo-lhe as maiores felicidades!

      Eliminar
    2. Que história tão, mas tão triste, fiquei toda arrepiada! Espero mesmo que seja muito feliz daqui para a frente, que bem bem merece depois desse inferno.

      Eliminar
    3. Ja passou... peço desculpa pelo anonimato inicial mas a história foi partilhada a pressa pois estava no trabalho e como foi do computador da empresa nao quis expor essa parte. Foram de facto anos muitos difíceis. Resumi apenas e mesmo assim so depois de publicado e que vi o quanto me tinha alongado. Com isto quis apenas mostrar que apesar de estarmos em pleno seculo XXI ainda ha mentalidades assim. Engane-se quem pensa que isto apenas se ve em pessoas de idades dos nossos pais e avos... isto passou-se durante 10 anos e eu apenas tenho 29 actualmente. Enfim.. sigo o blog ha muito tempo mas foi a primeira vez que comentei. Se calhar o intuito do desafio lançado pela Gata nao era ver este tipo de historia. Mas... decidi partilhar na mesma... afinal.... mesmo que nao ganhe a camisola, fica a experiência da partilha... Obrigada pelo apoio.. hoje sim.sou feliz e so agradeço a deus pela força que me deu para mudar de vida. Nao foi facil mas... hoje estou aqui...

      Eliminar
    4. Pode não ganhar a camisola de pior ex, mas que ganha a de rapariga com grande coragem ganha! Espero que seja feliz, com a sua filha e o marido, bem merece!!

      Eliminar
    5. A sua história arrepia, Catarina! Todas as felicidades do mundo para si! Merece a camisola e o nosso respeito! :)

      Eliminar
    6. Que história triste, mas sim existe tanto nos dias de hoje ainda, parabéns pela coragem e muitas felicidades.

      Eliminar
    7. Obrigada a todas pelo carinho e apoio... :)

      Eliminar
    8. Desculpe o que lhe vou dizer mas acho que os seus pais têm também grande culpa no cartório.

      Fazem-me lembrar os meus avós que disseram à filha (minha tia) que não interessava se ele a traía, batia ou se se endividava... O divórcio era algo que não seria tolerado e ela não poderia contar com eles se o fizesse (com 3 filhos pequenos).
      A minha tia chegou a ir parar ao hospital, o meu primo chegou a atirar-se de uma janela do 2º andar com medo do pai... ele batia-lhes com o cinto, a ela com tudo o que tivesse à mão. E amantes, senhores, quantas e quantas...

      Eu não sei se ela lhes perdoa mas os meus avós, para mim, perderam todo o valor e desde que soube o que eles fizeram não os encaro como pessoas em condições. Perdi-lhes o respeito, a admiração... para mim o que lhe fizeram foi o pior que podiam fazer a alguém, para mim são como bichos.

      Tenho 26 anos, juntei-me aos 19 anos e quando ia sair de casa o que o meu pai me disse é que a porta da nossa casa estaria sempre aberta para mim caso não estivesse bem teria sempre um lugar para voltar. Sempre fui muito feliz com o meu marido, temos um filho em conjunto e jamais estaria com ele se não estivesse bem... mas também porque sei que terei sempre um porto de abrigo, um lar à minha espera.

      Acho que se lhe tivessem dito o mesmo, não a tivessem pressionado a Catarina provavelmente nem se tinha juntado com essa besta ou não teria deixado a sua filha crescer nesse ambiente pois tinha um sitio melhor e bom onde a poderia deixar crescer.
      A mim revoltam-me "pais" desses. Para mim isso é tudo aquilo que um pai e mãe não devem ser.

      Eliminar
    9. Os pais devem ter vivido em outros tempos em que, infelizmente, estas situações eram comuns e toleráveis. E mesmo a mãe dele, que o que fez também foi condenável mas, se calhar sempre viveu num mesmo ambiente de violência e para ela este tipo de comportamento é normal porque é a realidade em que vive todos os dias. Não são desculpas para isso, claro, mas a mudança tem que partir da própria vítima, não se pode esperar que alguém tome essa decisão por ela.

      Eliminar
  51. Bem, eu conheci o meu ex no MIRC, foi o meu primeiro beijo. Ele já andava na Universidade e no ano seguinte pediu transferencia para a minha cidade. Certa altura estava eu a passear pelas lojas no centro da minha cidade quando o vejo de mao dada com outra, lindo. A coisa nao era seria e eu liguei-lhe e disse o que vi e avancei , arranjei outro. Entretanto eu entrei na Universidade e passei a ve-lo mais vezes. O meu namoro acabou e andei com ele outra vez, entretanto fomos em direccoes opostas e eu arranjei outro namorado. Deixei esse namorado por ele passado um ano e comecamos um conto de fadas de anos, aquele homem lindo era finalmente meu. Ora bem, depois de uns anos de namoro e devido a várias coisas entre as quais eu ja ter acabado o curso e estar a trabalhar e ele ainda continuar lá a passear as fotocopias. As coisas nao andavam bem e venho a descobrir que o menino pos um ISPY no meu portatil para ver tudo o que eu fazia e eu mandei-o dar uma volta. Ui, cai o carmo e a trindade, falou mal de mim aos meus amigos, disse que eu era lésbica?!, que tinha outro, mandou-me mensagens horriveis e ainda me esperava na porta do trabalho e me seguia para onde quer que eu fosse. Até vendi o meu carro nessa altura e andei a penantes uns tempos sempre com companhia. E, segundo ele, tudo isto porque me queria de volta. Eu, que nao sou de guardar rancores quase um ano depois lá o deixei falar comigo e pedir desculpas e nao e que o magano já com namorada há uns valentes meses me dizia que a deixava para ficar comigo. Depois disso fiquei muito desconfiada e nao deixava ngm mexer em nada do que era meu. Ja nao sou desconfiada mas nao dou abusos.

    ResponderEliminar
  52. Este post está a ficar melhor que as Manhãs da Júlia!

    ResponderEliminar
  53. Isto dá pano para muitas mangas! Não tenho muitos, mas os que tenho são mesmo ruíns! O meu mais recente ex, esse valente gnu, no início era normalzinho, mas passado uns meses só queria namorar comigo se fosse em casa dos pais dele! Sair com a namorada que é lindo, nem pensar! Irmos passar um fim de semana fora, ui que loucura, que o menino tinha de estar em casa a ver a novela com a mãe! A namorada perfeita, devia estar ao lado dos seus pais, que se metiam em todo e qualquer assunto! Depois mulher perfeita era se fosse igual à sua mãezinha, principalmente na parte estética, e digamos que a mulher não era exemplo de beleza alguma. Ter cabelo curto porque o comprido dá muito trabalho a arranjar! Estás a ver uma daquelas mulheres que diz que as mulheres são todas umas porcas se andarem com verniz nas unhas e mini-saia? Era assim a senhora! E o filho lá começou a concordar com ela! Que fique esclarecido que eu não me visto à vádia! Ah e outra, além desta estranha relacção com os pais, principalmente mãe, comecei a achar o dito cujo com tiques de bicha. Pois não é que é mesmo agora? (sei-o por amigos que temos em comum) Mas não revelou à familía pelo que sei! Estás a ver a personagem Nelo do Herman? Ele vai ser assim! Enfim... como é óbvio ninguém está para aturar nada disso! O outro dos meus ex, andava comigo e com a actual mulher ao mesmo tempo! Ao descobrir disso, confrontei-o e ele disse que era como o Marco Paulo, além de ter caracóis que também tinha 2 amores! Acabei com ele assim que soube, e não quis saber mais dele. Passado uns acho que 2 anos, chego a casa dos meus pais, e tenho lá um convite de casamento dele com a tal outra miúda! Enfim Gata, foram poucos e muitos ruins!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahahahahahha Marco paulo é muita bom

      Eliminar
  54. Eu nunca poderia participar neste 'concurso', só mesmo se fosse para eleger o melhor ex de todos. Sem ponta de sarcasmo. Tenho mesmo o melhor ex que alguém podia desejar. 10 anos de namoro, acabámos de forma pacífica, sem ninguém ter enganado ninguém, ele foi sempre absolutamente impecável comigo (mesmo quando eu fraquejei) e hoje, cinco anos depois de já termos acabado tudo (e estando eu numa relação há três) continuamos amigos e eu desejo-lhe, do fundo do meu coração, a maior das felicidades.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo! Só tenho um ex com quem namorei 5 anos e meio, acabámos de forma pacífica, nunca mais tivemos contacto desde que terminámos (até porque foi na altura em que acabou a Faculdade e ambos fomos viver/trabalhar para cidades e países diferentes), mas nunca houve cenas, filmes, problemas... nem durante o namoro, nem após acabarmos. Espero que seja muito feliz, como eu sou com o meu actual namorado de há quase 6 anos :)

      Eliminar
    2. A este propósito partilho a conclusão de um estudo que li há uns tempos. Em termos gerais, concluíram os psicólogos que se duas pessoas permanecem amigas depois do fim da relação das duas, uma: ou nunca se amaram verdadeiramente ou ainda continuam apaixonados.
      Vale o que vale, é mais pela curiosidade.

      Eliminar
  55. Olá gata! Não resisto a partilhar um dos meus ex, salvo seja! Um caso caricato, que com a distância dos anos tem piada, mas que na altura...

    Ora, eu namorava há 5 anos com o António, chamemos lhe assim. O António tornou se mais ocupado e menos disponível, mas como estávamos com exames, eu não sobrevalorizei. Certo dia, a Mariana envia me uma mensagem que dizia o seguinte:

    "Olá, tudo bem? Já estudaste tudo? Vi agora o novo namorado da Isabel no hi5 e é mesmo parecido com o teu António!"

    Sim, eu sou do tempo do hi5!!!

    Gaja que era e sou, movida de toda uma curiosidade, paro os estudos e abro o hi5.

    ...

    Não, o namorado da Isabel não era parecido com o António. O namorado da Isabel era o António!!!!!

    Pessoa amorosa que andou com as duas ao mesmo tempo, com o conhecimento da Isabel. Não tinha coragem de acabar comigo. Vai de modas que Isabel publica a foto e António leva um chuto meu.

    Não sei se o meu é o pior, mas que é parvo, lá isso é!

    ResponderEliminar
  56. Vamos lá ver se batem este pobre coitado que não tem onde cair morto...

    Último ano de namoro onde existiram: presseguições, sustos, roubos e gritos no meio da rua. Eu explico.
    Uma mulher não gosta nada quando o "namorado" a pressegue e se torna a pessoa mais possessiva do mundo certo? Então, pensei eu, vamos lá acabar com isto!
    Assim foi...A criatura começou a presseguir-me. Comecei a apanhar bilhetinhos no meu carro em locais onde ele não podereia imaginar que eu lá ia, aconteceram situações em que estava no café com amigas/os e olhava e lá estava a criatura...coisas desse género.

    Após uns dias assim, num festival de verão apanho-o lá, em que a pobre coitada da tenda dele fica "quase" colada à minha e em que no mesmo dia me desaparecem: máquina fotográfica, foto (com o grupo de amigos) e uma peça de roupa - que não vou dizer por ser demasiado.....enfim.
    Descobri que tinha sido ele e com os nervos em franja, raiva acomulada e ainda com álcool no sangue das noites anteriores, desatei a discutir com a criatura e sem mais nem menos a envergonhá-lo no meio do festival. Desapareceu nesse dia!
    Pior? Riscou-me o carro todo!
    Posso agradecer ao meu grande irmão, que nesse mesmo dia foi ter com ele e o fez pagar a pintura do boguinhas :)
    Agora quando passa por mim na rua - e a pedido do meu irmão e do meu pai, que o perseguiu até o apanhar - caso me veja, tem que estar a 2metros de distância!

    A história tem mais capitulos, mas não quero assustar mais.
    Ganhei ? :p

    Beijinhos *
    Littlebitof.everything | Facebook

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Perseguir querida, perseguição....

      Eliminar
  57. O Ex de que vou falar foi o meu primeiro namorado, tinha eu uns 17 anos na altura!
    Namoramos 3 anos sempre com imensos intervalos pelo meio. Discutíamos imenso por ciúmes. Eu não podia respirar o ar de outros e muito menos ele!
    Ele como era rapaz saía, eu não, os meus Pais não me autorizavam. Ele se quisesse tinha de vir lá a casa, e vinha!
    Entretanto mudei de casa (éramos quase vizinhos), e fui viver a 15km dele. Como não tinhamos carro, fomo-nos distanciando, até que um dia ele foi para discoteca sem me dizer nada, passei-me a acabamos ( pela 50ª vez) só que desta vez não reatamos. Nunca mais apareceu...
    E eu orgulhosa também nunca mais disse nada, deixamos de falar... 10 anos!
    10 Anos depois com mais 6 de namoro, casamos e já temos um filho, LINDO!

    A maturidade muda-nos a maneira de pensar mas nunca o coração!
    Sempre o Amei e sempre o Amarei! :)

    Andreia

    ResponderEliminar
  58. Bom, o meu ex:
    - Acabou comigo por mensagem
    - Achava que tudo se resolvia com sexo
    - Era capaz de estar comigo sem dizer uma única palavra
    - Não me apresentou os amigos dele (a sua maioria)
    - Nunca queria passear
    - Quando me deixava em casa às 22h e dizia que ia para casa, eu vinha a descobrir que ele chegava a casa bêbedo de madrugada.

    ResponderEliminar
  59. amazing! follow on GFC? cute blog
    www.therunwhy.blogspot.com

    ResponderEliminar