#

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Make Up For Ever inspira-se no filme "As Cinquenta Sombras de Grey"


Vinha eu de manhã para o trabalho, no habitual zapping matinal pelas estações de rádio (sempre à procura do melhor puntz-puntz para não adormecer), quando a minha alma fica parva ao dar conta de que já foram vendidos mais de 19 mil bilhetes para assistir ao tão ansiado filme "As Cinquenta Sombras de Grey". Isso mesmo, DEZANOVE MIL, coisa pouca senhores.
O filme estreia a 12 de Fevereiro e as sessões já se encontram esgotadas para esse dia e seguintes, incluindo o Dia dos Namorados (quem estava a pensar ver o filme no dia mais meloso do ano, que tire daí as ideias).

Para quem não sabe, o filme é adaptação cinematográfica do primeiro livro da trilogia de E. L. James, um best seller que se tornou um fenómeno global, e que descreve ao mínimo pormenor (quando digo mínimo, é mesmo mínimo) a relação entre uma estudante de literatura e um poderoso homem de negócios. Trata-se de um romance erótico que, basicamente, conquistou o mulherio em geral, eu incluída. Paixão, dominação e sadomasoquismo são alguns dos ingredientes chave. Um livro para ler com bolinha vermelha no canto, portanto.

Eu cá no meu entender, acho que andam a ser criadas demasiadas expectativas e quando o filme chegar, tufas, desilusão geral. É só a minha modesta opinião. Quando os livros são muito bons, com histórias fortes, por norma, os filmes ficam muito aquém do que é esperado. Mas pronto, a ver vamos, como diz o outro. Claro que não deixo de estar super curiosa com o filme (na verdade, estou em pulgas) e, pelo sim pelo não, vou começar a rezar a todos os santinhos antes de me deitar, para que consiga bilhete. É que estou a ver o caso muito mal parado, ai estou estou.

Posto isto, e dada tanta popularidade à volta do filme, é natural que as marcas se interessem e queiram tirar partido disso. Ora, sendo o filme marcado pela ousadia e erotismo, a Make Up For Ever lançou em Dezembro de 2014 uma edição limitada inspirada no filme, com o intuito de oferecer a nós, mulheres, produtos ousados e que revelem o nosso lado mais sexy (miauuuuuuuuu!).
A dita edição limitada é composta por:

1- Um saco de veludo intitulado por "Desire Me" que contém um trio de blushes.


2- Dois trios diferentes de batons.


3- Um conjunto "Give In To Me", que inclui quatro sombras para olhos, eyeliner, gloss, batons e máscara de olhos. Tudo isto dentro de uma caixinha com fechadura.



Parece-me uma excelente estratégia de marketing, e se for como os bilhetes do filme, esta edição vai esgotar em três tempos. As demais interessadas que se apressem. Eu cá não me importava nada de ficar com um dos trios de batons ou com a caixinha "Give In To Me". Para ser sincera, não me importava nada de ficar com TUDO (ah! ah! ah!).
Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhh! Possíveis homens que vagueiem por estas bandas, oiçam-me, atentem no que vos digo. Qualquer um destes produtinhos acima faria as vossas excelentíssimas amigas-coloridas/namoradas/noivas/mulheres/ou-lá-o-que-lhes-queiram-chamar muito felizes (e sexys também, tal como vocês gostam). Fica a dica para o dia 14 de Fevereiro.

24-09-2013 15-51-22

26 comentários:

  1. Quando os livros são muito bons, criam-se expectativas altas e, regra geral, o filme desilude. Neste caso, o livro tem tão pouco de bom que as expectativas não podem ser assim tão elevadas. Por isso mesmo, quem sabe, até surpreende. Deve ser difícil piorar o péssimo.
    (Eu li e gostei, só não posso afirmar que aquilo é bom no sentido literário.)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Atenção… Estamos a falar de um livro erótico, não propriamente de uma obra de Eça de Queirós. E no que a erotismo diz respeito, o livro é bom. Caso contrário, não teria o sucesso que tem, não teria sido traduzido em 51 idiomas, nem seria dos livros mais vendidos de sempre.
      Mas se o filme surpreender, melhor.

      Eliminar
    2. Eu sei que não é um clássico da literatura, nem tenta passar por isso, já o sabia quando li. Só estou a dizer que, mesmo dentro do género, é um bocadinho fraco. E o facto de ser um best seller traduzido em muitos idiomas, não prova que o livro é bom. Só prova que muitas pessoas o compraram.
      Não me interprete mal, eu comprei e li os livros porque quis e, como já disse, gostei. Só não tenho expectativas quanto ao filme, nem posso dizer que os livros sejam bons.

      Eliminar
  2. Não li o livro, não comprei bilhete para ver o filme, mas adoravaaaaaaaaaaa essa caixinha :)!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Compraste? E porque é que não me avisaste que tinha comprar com meses de antecedência, HUMMMMMMMMM? =P

      Eliminar
    2. Não, eu disse que não comprei bilhete para ver o filme, lololol.

      Eliminar
    3. Ahahahahah! A prova de que ontem foi um dia difícil aqui para estes lados (e não era segunda-feira)!!

      Eliminar
  3. O livro é fraco. A escrita é básica e as cenas descritas também. O livro só vendeu porque não parece mal comprá-lo, até se vende no supermercado. É uma literatura "light" mas que serve para molhar a cueca de quem não está habituada a estas coisas!! É um bom começo!! Espero que se perca a vergonha de vez porque há imensa literatura de qualidade desse género! :-)

    www.moncloset.com


    www.moncloset.com

    ResponderEliminar
  4. A maior parte das pessoas que diz que a escrita é fraca aqui, eu sou capaz de apostar que o leu em português. As traduções, por muito boas que sejam, não passam de isso mesmo, traduções. Eu li em inglês e gostei muito, da história, do drama, do imaginário que cria em nós e não tanto da parte do erotismo, havia cenas que passava à frente porque era um pouco mais do mesmo. São opiniões. Quanto ao filme... Nem tenho vontade de ver. Para mim a rapariga não podia ter sido pior escolhida, jovem, 20 e poucos anos e parece (a mim pelo menos) ter 30, o que não é, de todo, a "Anastacia" do livro. E acho que quaisquer duas horas que tentem retratar aqueles 3 livros, vão falhar. É mais ou menos como o diário da nossa paixão, li-o com uns 14/15 anos, adorei na altura, vi o filme (que toda a gente adora e diz que é romântico e etc etc) e detestei, história mal contada, com partes que não vêm no filme, com outras partes erradas e, para mim, não demonstrou nem um pouco da essência do livro. É por isso que, para mim, das duas uma, ou o filme, ou o livro. Assim não ha desilusões!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É fraco em português, diálogos repetitivos! O filme será fraco igualmente!

      Eliminar
    2. O filme é baseado no primeiro livro. Não nos três como refere.

      Eliminar
    3. Eu li em inglês e acho-o extremamente mau. Primeiro, estória fraquinha fraquinha, uma anti-hero que não ata nem desata.. enfim, escrita muito pobre

      Do que o mulherio gostou foi das cenas eróticas, mas essas também as há em livros decentemente escritos

      Eliminar
  5. A tradução pode ser de melhor ou pior qualidade, mas não é ela que vai mudar o que está escrito ou a forma como foi escrito. Mesmo em inglês, não tem uma escrita impressionante, nem particularmente boa.
    Quanto à história em si, erotismo à parte, embora me tenha enlevado no momento, agora com a devida distância posso dizer que é desprovida de bom senso. Basta fizer que a personagem principal não tem espinha e o deus grego é um stalker, manipulador e controlador. Mas são só opiniões.
    O filme, tanto quanto sei, é baseado no primeiro livro apenas. Suponho que podemos contar com mais dois filmes, não? Não sei.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obvio que nao posso dizer que o livro está extremamente bem escrito porque considero-me suficientemente capaz de ler/perceber/falar inglês mas nunca li uma obra de literatura propriamente dita, no entanto, tive oportunidade de ver umas passagens em português e, como disse, de o ler em inglês e noto, de facto, grandes diferenças. Talvez por isso tenha gostado mais. Pensei, erroneamente, que o filme era sobre os 3 livros, se assim não é, não sabia.
      Eu prefiro não ver, li os livros, gostei, não fiquei obcecada mas nunca tinha lido nada do género e apreciei. Mas claro, tudo são opiniões e tenho a certeza que muitos vão adorar e muitos vão detestar, como no livro :)

      Eliminar
  6. Nunca li o livro (não eram mais do que um?), por isso também não tenho grande interesse em ver o filme. Mas, como interessada em Marketing, devo dizer que as marcas podem e devem aproveitar-se deste incrível mediatismo - que ainda ninguém percebeu bem como surgiu.

    Quanto à maquilhagem, bela ideia da Make Up For Ever, mas eu dispenso :P

    http://entreosmeusdias.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como interessada em marketing devia saber que o sexo vende sempre, especialmente quando se trata de uma nova visão, com componentes incomuns

      Eliminar
  7. hi dear, i really like to taste these products
    kisses

    ResponderEliminar
  8. Desejando esse filme com ardor rsrsrs Nem sei se as vendas estão assim aqui no Brasil . Gostei dos livros, espero que o filme seja a altura!!

    Bjos,
    Sheyla
    http://blogdmulheres.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  9. Olá! Gostei muito do blog e do post :) Um filme, uma linha de vernizes da OPI e agora sombras da Makeup Forever...? Bem, vou ter que experimentar TUDO! hahah
    O que achas de seguirmos os blogs uma da outra? Já sigo o teu :)
    Este é o meu: www.guesswhatblog.com
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  10. Já tenho os bilhetes para o dia 12, mas já estou a ver q vai ser um decepção... Lol

    ResponderEliminar
  11. Um filme que não escapa mesmo a quem os livros não agradaram e, por isso, nem pelos nossos lados escapou a compra dos bilhetes antecipados eheh
    Quanto à maquilhagem, se é para ser adaptação, acho que até poderia ser melhor... Mas nada como ver testado para mudar possíveis opiniões como esta não é? :P

    Ela.
    www.elaeele-nos.blogspot.com

    ResponderEliminar
  12. ai que aquela caixinha ficava tão bem cá em casa!!

    ResponderEliminar
  13. Gostei do box e principalmente dessa linda paleta com tons nude :)

    Beijinhos,
    Adoro o blog,

    Mari
    http://marirmalho.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  14. «Quando os livros são muito bons, com histórias fortes, por norma, os filmes ficam muito aquém do que é esperado.» Oh gata, fico muito desiludida contigo! Não esperava que considerasses aqueles livros como muito bons. Sinceramente, no que à literatura erótica diz respeito há coisas muito boas, mas aquilo?

    As sombras e vernizes tudo bem, são giros, tens bom gosto.

    Maria.

    ResponderEliminar
  15. omg que produtos lindos *.*

    beijinho

    ResponderEliminar