#

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Bootcamp


Adoro treinar e quanto a isso...nada a fazer. Mas tenho um "problema", canso-me facilmente de fazer a mesma coisa, a rotina aborrece-me e a monotonia é meio caminho andado para perder a motivação. Para quem treina musculação sozinha, tipo eu, é muito fácil cair na dita rotina e, consequentemente, perder o foco. O que vai mantendo a motivação em modo "on" são os objectivos e a vontade de os alcançar. No entanto, nem sempre é o suficiente e muitas vezes sinto uma enorme necessidade de desafiar-me, de variar e de sair da minha zona de conforto.

Acho que sair do ginásio apenas com a sensação de dever cumprido ou ir apenas para marcar o ponto, não chega. É preciso sair com aquela sensação de "ai jaaaaaaaasus, isto hoje é que foi, estou aqui que não me aguento, que valente sova, amanhã nem me levanto", ou seja, com aquela sensação de termos dado tudo. E embora eu até puxe por mim, muitas vezes sinto falta de alguém que me incentive a fazer mais (e melhor), que me diga "continua" quando eu acho que já não consigo mais e que me ajude a variar os exercícios (principalmente esta última parte). Porque na musculação por muito que se tente variar, acaba por ser sempre arroz. Às vezes seco, outras vezes "a correr", outras vezes com tomate, outras com cenoura, mas sempre arroz. O corpo (e mente) começa a pedir por mais e por algo novo.

E eu preciso disto, preciso de variar, preciso de ir ao desconhecido, preciso de ir sem saber de trás para a frente o que vou fazer, preciso de algo que me desafie, preciso de sentir-me no limite e de sentir que estou a dar o meu máximo sempre. Por isto e por gostar de experimentar coisas novas, estreei-me no Bootcamp no passado Sábado. Há muito que queria fazê-lo, mas como trabalho "sábado-sim-sábado-não" tenho adiado, adiado, mas foi desta. Apenas com 4h30 de sono mas foi. E, como já calculava, A-DO-REI. Já sabia que tínhamos tudo para dar certo e que é daquelas coisas que tem tudo a ver comigo. Adoro fazer exercício ao ar livre e sinto que motiva muito mais, para além de ser mais gratificante do que estar entre paredes. O contacto com a natureza faz bem ao corpo e mente e acho que é juntar o melhor de dois mundos.

Mas não pensem que o Bootcamp é pêra doce, porque não é. Antes de se partir para uma aventura destas é preciso ter consciência do esforço e da alta intensidade que estão bem presentes, não fosse um treino baseado no conceito militar, e se estamos preparadas para tal. Também não podem ir com medo de sujar as mãos, a roupa e estragar as unhas. Como eu costumo dizer, "isto não é para copinhos de leite" muito menos para quem se está a iniciar na actividade física.


E foi muito giro. Comecei logo com o que menos gosto: trabalho de braços. De pernas até tenho alguma força, mas de braços, embora tenha melhorado nos últimos meses, não tenho assim tanta força. Então, quando vi que o primeiro exercício ia ser 15 flexões, subir umas escadas a correr, chegar ao cimo e fazer mais 9 flexões, voltar a correr até ao ponto inicial e fazer mais 6 flexões, e isto três vezes, bem, senti vontade de FU-GIR.
Depois vieram os pneus e para verem bem a tamanha coça, só hoje sinto que estou totalmente recuperada da malha. Não me passaram com nenhum pneu em cima, mas a sensação deve andar lá perto (ah! ah! ah!).
Depois vieram séries de corrida com rampas e escadas muito fofinhas (só que não) para subir e, por último, uns burpees (coisa fofa também) e uns agachamentos em séries intensas. Burpees já é coisa feia, burpees jump box (acho que é este o nome) é cena do mal mesmo. Sinto umas gotinhas de soar no meio da testa só de pensar.



Muito resumidamente foi isto e agora que experimentei não quero outra coisa. Só tenho pena de não estar disponível todos os sábados para ir (snif, snif). Este tipo de treino é variado (não há um treino igual) e super desafiante, tal como eu gosto, para além de ser bastante motivacional. Depois, é o espírito que se vive entre todos que é super divertido, contagiante e muito enriquecedor.

E vai ao encontro do meu objectivo - ganho de massa muscular -, para além de melhorar bastante o nível de condição física - força, resistência e velocidade -, o que é muito bom para quem está a pensar voltar a fazer a Meia Maratona de Aveiro (digamos que temos umas contas a ajustar, ah! ah! ah!).

Como estou mesmo numa de alterar os meus treinos e o meu corpo chama por novos desafios, também estou a pensar muito seriamente em experimentar crossfit e TRX. Mas isso implica mudar de ginásio e para quem é demasiado agarrada às coisas/pessoas/afectos custa sempre. São cinco anos e é um ambiente onde me sinto perfeitamente à vontade. Não que não tenha pessoas conhecidas no outro, porque tenho, mas...não deixa de ser uma mudança e sinto-me quase como se fosse abandonar uma família. Vamos ver.

12 comentários:

  1. Parece uma ideia super gira e diferente!

    ResponderEliminar
  2. Deve ser uma experiência mesmo gira de se fazer!
    Confesso que tenho curiosidade em testar! ;)
    Beijinho
    Cris

    www.lima-limao.pt

    ResponderEliminar
  3. Se morasse perto daí ia também! Parece ser super giro e dinâmico :) Também sofro muitas vezes dessa desmotivação quando tudo se torna tão igual...

    <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eu ia adorar ter-te aqui pertinho! =))
      Beijinhoooo *

      Eliminar
  4. Adorava fazer uma coisa dessas (=

    ResponderEliminar
  5. Gata,amoré,dá-lhe no TRX!É muito nice! Vais gostar!:)
    (sim,sou. Não perguntes.:p)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos lá beriiiiii! :D
      (Caracoletas, és tu? =P =P)

      Eliminar
  6. Fiz durante 5 anos, 3x por semana. Fizesse chuva, sol, vento, frio, calor. Ao ar livre.
    Em Outubro passado decidi que já era tempo de mudar, porque mesmo sendo o bootcamp uma atividade que inclui exercícios bastante variados para todos os grupos musculares, também chegamos a um ponto e queremos experimentar outras coisas.
    Agora faço boxe e é espetacular!
    E olha que já fiz 50 anos...
    Dulce/Porto

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que excelente exemplo Dulce! =))
      Por acaso, uma das coisas que me fascina é ver pessoas com mais idade super activas e a fazer ver muito boa gente com bem menos idade. É assim mesmo, continue assim! =)
      Beijinho

      Eliminar
  7. Treinar assim é melhor :)

    Cátia ∫ Meraki

    ResponderEliminar