#

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

A diferença entre ter e não ter meia dúzia de neurónios







Não se inquietem, senhores, não se inquietem, porque ainda existe ali um bocadinho de pessoa no meio do plástico.

9 comentários:

  1. Cruzei-me uma vez com esta senhora num shopping. Eu mal tinha reparado nela ainda, apesar do seu aspeto tão discreto, mas ela caminhava muito indignada a dizer "Parece que nunca viram..."
    Eu fiquei confusa... Não queria ser reconhecida, apesar de ter participado no maior reality show de Portugal ou queria apenas passar despercebida com tanto... plástico, exatamente como dizes?^
    Não sei, fiquei confusa!
    Eu, confesso-me. Reparei. Discretamente (julgo que pelo comentário dela, os restante não o foram tanto como eu).
    Mas reparei, efetivamente.
    Primeiro, porque a senhora era 'tooooooooooooo much' em tudo (problema dela!) e depois (só depois) porque realmente me lembrava de a ter visto na televisão. ;)

    Dizem que menos é mais. Dizem. Mas não se aplica a toda a gente, está visto.
    Também não tem de se aplicar, é certo. Cada um sabe de si. Se ela gosta, quem somos nós para criticar. :)

    Beijo-beijo d'

    A Marta
    https://amartaeumblog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Credo.... que horror.
    O que é que está gente tem na cabeça? Se é que tem alguma coisa 😩😨

    ResponderEliminar
  3. Gata desculpa, mas quem é essa tipa ao certo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ex-concorrente da Casa dos Segredos, a Juliana!

      Eliminar
  4. É a mesma pessoa? :o nem a reconhecia!

    ResponderEliminar
  5. Minha nossa!
    https://jusajublog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. É a mesma pessoa, a loira e a morena?? Nossa!

    ResponderEliminar
  7. Ela era tão mais gira quando entrou na casa .. apesar de sempre ter usado demasiada maquilhagem .

    ResponderEliminar