#

terça-feira, 7 de julho de 2015

Juro que sou boa pessoa



Mas eu DE-TES-TO aquelas pulseiras (ou espécie de) tatuadas e todas abrilhantadas que parecem ter virado moda. Não sei, acho assim um bocadinho a atirar para o parolo (aciganado, vá). O que me leva a crer que, às vezes, dá um certo jeito não ser escrava da moda e dar uma de quem parou em 2014. Ooohhhhh se dá.


24-09-2013 15-51-22

75 comentários:

  1. Haters (póneis amestrados) a cair-te em cima em 3... 2...1... beijufas gata

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É possível, mas já estou calejada. Além disso, já são várias as pessoas que usam esse tipo de tattoo, não se trata de algo exclusivo para A, B ou C.

      Beijoca *

      Eliminar
    2. Sim, mas nenhuns fãs são tão maníacos como os dela!! Apre

      Eliminar
    3. (Eles já andam aí)

      Eliminar
    4. Anónimuxa07 julho, 2015

      Gatuxa, este anónimo tinha razão, os haters já andam aí... se és assim tão péssima não sei por que essa gente se dá ao trabalho de vir aqui ver e insultar-te. Quando eu não gosto de alguma coisa digo que não gosto, não baixo o nível. Por acaso esta tendência, se não for usada em exagerado, até acho piada. Agora por tu não achares vou desatar aqui a chamar-te parola??
      Venham, anónimos ressabiados, que assim o blog chega rápido ao milhão e meio (ui, que dor para esta gente!)

      Eliminar
    5. Sabe que as pessoas podem ter direito à sua opinião? Obrigada sim? Por deixar as pessoas serem livres e expressarem-se. Se as pessoas criam um blog já pensou que já sabem a partida que podem ter que levar com coisas menos agradáveis? Por isso moderar os comentários. E como costuma ser tão inteligente, travo-lhe já tamanha capacidade intelectual para evitar fazer deduções por EU ter esta opinião não tenho NADA contra a blogger.

      Eliminar
    6. Anónimuxa08 julho, 2015

      Anónimo das 06:50 (credo, esta gente não dorme só para poder dizer mal ou a primeira coisa que faz quando acorda é destilar ódio... ou então outra coisa qualquer que a minha "pouca" capacidade intelectual não me deixa atingir lol), adoro o argumento "se as pessoas criam um blog já pensou que já sabem a partida que podem ter que levar com coisas menos agradáveis"... É do melhor que há... Não deixa de fazer sentido, tendo em conta que há pessoas estúpidas. Uma coisa é não gostar e dizer que não se gosta (já o fiz aqui), outra coisa é falar mal da pessoa e julgá-la sem a conhecer de lado nenhum ou porque os seus gostos não coincidem com os meus. E ter opinião é diferente de ser mal educado, sabe? E olhe anónimo, deixe-se estar por casa, não vá sair à rua e ser atropelado. Sabe que as pessoas que andam na rua e atravessam estradas sabem que à partida podem levar com um carro em cima. É que nos blogs há maus comentadores e na estrada há maus condutores. Há tanta analogia que podia usar, mas não me apetece. Beijocas na crina lustrosa ;)

      Eliminar
    7. Muah, muah, muah, MUUAAAHHH na minha anónimuxa (desculpa se te lambuzei, mas não resisti =P)! :D

      Eliminar
    8. Mais vale não dormir e publicar às 6:50 do que passar o dia no trabalho a ler blogs. É uma questão de honestidade.

      Eliminar
    9. Anónimuxa08 julho, 2015

      Ou então mais vale estar calado do que julgar sem saber. Mas parece-me que julgar sem saber (e sem conhecer) é o seu forte. Mas pior pior pior é descarregar as frustrações próprias nos outros, seja às 3h da matina, às 4h da tarde em pleno trabalho ou em plena praia, seja a fazer o pino.

      Eliminar
    10. Anónimuxa08 julho, 2015

      E só para sua informação, eu estou desempregada, portanto faço o que quiser o dia todo, enquanto os póneis estão nos seus empregos da treta. lol..........

      Eliminar
    11. Anónimuxa08 julho, 2015

      Esta última anonimuxa das 11:35 não era eu, a verdadeira, Gatuxa... lol que espertos estes anónimos, hein?

      Eliminar
    12. Nada contra desempregados (ninguém está livre...) mas não me parece que se deva vangloriar disso e usar como argumento para passar o dia alapada em frente ao computador.

      Eliminar
    13. Foi fácil de perceber, anónimuxa (esperteza, mas daquela saloia). Anónimuxa que é anónimuxa não se manifesta daquela forma e, muito menos, termina frases com "lol's" e triplas reticências. ;)

      Eliminar
    14. Tanto orgulho em ser desempregada. Que medo!!

      Eliminar
    15. Será que ainda não perceberam que foi outra pessoa que fez aquele comentário das 11:35? sinceramente, essa foi tão baixa que até dá pena da pessoa que o fez. Arranje uma vida e deixe de ser parva, faz mal...

      Eliminar
    16. Querida anonimuxa, sou a anónimo das 6h50 e não fui eu que lhe dei aquila magnifica resposta das 11h11. Adoro quanto se enche de moralismo e fala sobre julgar sem saber, gostaria de saber o chama aquilo que disse "não dorme para dizer mal" talvez deva ir pesquisar o significado de julgar. Julga, julga a senhora que é mais esperta que os outros, talvez devesse ser mais húmilde e com sorte aprenderá alguma coisa. Mas vou explicar-lhe muito explicadinho. Veio muito revoltada com o meu comentário sem razão. Talvez um diazepam 5mg, haldol e olanzapina fizessem milagres no seu caso ou ainda um litiozinho. Prescrições à parte. Ter um blog e expor-se (sem qualquer tipo de conotação negativa, não vá começar com os seus delirios persecutórios) é provável que terá que "levar" com pessoas com a maior panóplia de características quer sejam boas e/ou mas. Agora com isto NAO QUIS NEM QUERO dizer que é permitido e portanto normal ou que concorde que as pessoas possam ser ofensivas ou malcriadas mas é pode acontecer. O motivo? Whatever. E também não disse que as pessoas devem deixar ter blogs por existirem pessoas "estúpidas" como refere (sim isso não é ser malcriada! Nadinha!) é chato mas é facto que pode acontecer e foi somente o que disse. E digamos que a utilização de termos como "crina lustrosa" também não é nadinha malcriada mas felizmente para mim temos noções, conceitos e perspectivas diferentes. Um beijinho também para si

      Eliminar
    17. Anónimuxa09 julho, 2015

      Anónimo das 06:50 e das 19:16, em primeiro lugar, não foi uma questão de julgamento, foi constatar um facto. Faça o que fizer, estivesse a trabalhar ou com insónias ou tivesse acabado de acordar, o facto é que começou a destilar ódio. E não me julgo mais esperta do que ninguém. Mais bem educada, talvez. Ninguém sabe quem eu sou, não ando a comentar para me fazer mais ou menos do que ninguém, mas se tivesse um blog daria a minha cara na mesma e diria a mesma coisa porque eu não me sirvo do anonimato para descarregar frustrações em pessoas que não conheço e que não têm culpa do que se passa na minha vida. Eu chamei-lhe estúpida? Que eu saiba não. Disse que havia pessoas estúpidas. Se que entrar nesse grupo, está perfeitamente à vontade. Eu não me revoltei, o meu comentário inicial foi no geral, você é que se "picou", veio dizer que podia dar a sua opinião à vontade e questionar a minha inteligência. O crina lustrosa era para os póneis amestrados, se não é um deles, engana bem :) Ah, só um à parte... não sei se é médica, farmacêutica ou coisa que o valha, mas bombar esses medicamentos todos não lhe anda a fazer nada bem (experimente Ratibrom, resolve logo tudo). Ter acesso a eles é um perigo para si e para a saúde pública. Espero sinceramente que não seja um profissional da saúde porque mentalmente é tudo menos sã. I rest my case.

      Eliminar
    18. Realmente não é nada exclusivo de A, B ou C, mas como (coincidência das coincidências) estes posts de opinião (negativa e muito pouco depreciativa) relativamente a algo na moda surgem em paralelo com outros determinados posts de outros determinados sítios que a maioria dos seus seguidores também leem, digo-lhe que fica mal e parece só ligeiramente mesquinho. Tem direito a opinião, mas isto já se usa há tanto tempo, porquê agora? isso e usar "utensílios" na praia (e outros que tais). Sigo este e outros blogs, porque gosto de ver o que anda por aí. E como não gosto de ressabiadices, este vai sair da minha lista. Portaaaanto agora podem ficar prai a atirar papaias para o ar, que o ar é de todos e as opiniões também. Também tenho direito à minha opinião. A de achar que alguém que até estava bem encaminhado a "descolar-se" de outros bloggers peca por dar sempre um passo atrás. Não sou pónei amestrado, não sou alguém sem vida própria. Sou alguém que acha feia esta atitude. Boa sorte e até uma próxima. Filipa

      Eliminar
    19. Há uns tempos atrás tudo o que a pmd usava a gata elogiava, depois a gata amuou e começou com as birritas.

      Eliminar
    20. AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH!
      Isso tudo é fanatismo ou é só estupidez mesmo?

      Eliminar
    21. parece-me ser uma opinião... ou como não é positiva já é estupidez?

      Eliminar
    22. É. É uma opinião. Maldosa, mas não deixa de ser uma opinião, é um facto. Da mesma forma que não deixa de ser uma opinião que vem de alguém fanático ou só estupido.
      Porque é que este post, ou outro qualquer, tem de ser dirigido para certa e determinada pessoa? Só mesmo uma pessoa fanática que não vê mais nada à frente (ou estupido, lá está) é que tem uma saída destas. Também é só a minha opinião.

      Eliminar
  2. Também não sou particularmente fã!
    Cris

    ResponderEliminar
  3. Eu gosto q.b
    Usando uma de cada vez, não exagerando. Agora há pessoas que têm umas nas costas, calcanhar, pulso, braço, tudo ao mesmo tempo.. Isso não!

    ResponderEliminar
  4. Acho engraçado mas não ao ponto de usar :)

    ResponderEliminar
  5. Num post tão pequeno taaaaanta barbaridade Santo Deus.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem é bom imaginaaaar... bolas bolas bolas!

      Eliminar
  6. Eu até acho bonito mas acho que o pessoal anda a exagerar! Uma ou duas fica bonito mas tenho visto pessoas com 5 ou 6 e aí já não gosto nada :)

    ResponderEliminar
  7. Já para não falar que não são nada baratas :/

    ResponderEliminar
  8. Também acho uma parolada! Há umas fininhas que ainda passam por despercebidas (quando é só uma) e até são giras. Mas grossas tipo as da imagem são mesmo de fugir...

    ResponderEliminar
  9. eu confesso que acho a cor gira...e os desenhos...mas sabes onde colocaria isso? em cadernos/agenda xD nunca na pele!!!!

    ResponderEliminar
  10. Concordo a 100%. Dá um ar bastante vulgar. Parece que as mulheres já não sabem como andar... Querem tanto ser in e conseguem o efeito contrário. Quando a mulher descobrir que é na simplicidade que está a beleza avisem-me.

    ResponderEliminar
  11. Eu gosto de ver uma ou outra principalmente no tornozelo ou nas costas :)

    http://batomebotasdatropa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dá para ter pulseiras nas costas (eheheheh =P)?

      Eliminar
    2. ahahahah não, mas existem dessas tatuagens douradas e assim sem ser em forma de pulseira! :D

      Eliminar
  12. Ai eu também acho pésssimo, não percebo esta moda.

    ResponderEliminar
  13. Também não sou fã desta nova tendência. Dispenso!

    Amigas do Closet
    http://amigasdoclosetblog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  14. "Não ser escrava da moda"!? Que moda!? Dava-lhe era jeito alguma moda!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Huuum, em vez de andar a destilar ódio em blogs alheios devia consultar o dicionário e ver o que significa moda e como não se pode aplicar o termo desse jeito.

      Eliminar
  15. Se a pessoa estiver bem vestida, até que fica giro... por isso é mesmo melhor a gata não aderir à moda. eheheh

    ResponderEliminar
  16. Realmente tendências não é contigo! Andas sempre um passo atrás!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Antes assim, do que não ter personalidade.

      Eliminar
    2. UUUIIII acompanhar tendências é não ter personalidade. Essa é nova.

      Eliminar
    3. Não. Ser escrava da moda é que é revelador de pouca personalidade. Não distorça as palavras alheias, caro anónimo.
      Além disso, eu acompanho as tendências, no entanto, tenho aquela coisa muito bonita de se ter, que é (pasme-se): opinião. Que tanto pode ser positiva, como negativa (não tenho por hábito gostar de algo só por ser moda). Simples.

      Eliminar
    4. Pamba, Gata 15, Anónimos ressabiados 0.

      Eliminar
    5. Eu pessoalmente acho que aderir a tudo o que é moda, hoje criticar isto e amanha adorar só porque virou "tendência" - seja lá o que isso for - é ter falta de personalidade, sim, e falta de estilo também.

      Há pessoas que têm uma determinada imagem de marca, independentemente da moda. Só usam o tipo de roupa (mesmo roupa nova ou de tendência) que se coadune com o seu estilo pessoal. Depois há as outras que acham que é quase pecado capital usar uma camisola/calças/calçado da colecção anterior porque "passou de moda".

      Para mim saber aliar o estilo pessoal/personalidade a uma forma de vestir é a verdadeira ilustração de ter carisma e conseguir personalizar a moda para si. Quem segue tudo o que dizem ser moda...não deve muito nem ao carisma, nem à personalidade. Principalmente aquelas que criticam hoje o que vão usar amanhã (porque entretanto alguém diz que é fixe... ou "top").

      Eliminar
  17. Por acaso acho alguma graça... Se não for quase dos pés à cabeça, por todo o lado, acho giro! Combina com o Verão! ;)

    ResponderEliminar
  18. Eu até acho graça, mas sim, concordo que são assim um pouco pró aciganadas!!
    Kiss

    http://pensorosa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  19. Desculpe ACIGANADAS??? E então algo contra?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E não é que, por acaso, até me lembrei daquele tipo de pessoa que leva tudo muiiiiito a peito (ultra-híper-super-mega-sensitive) e estava para colocar um asteriscozinho na palavra “aciganado” com uma pequena notinha do tipo “ATENÇÃO, nada contra a comunidade cigana, por favor, não fazer interpretações erradas”. Mas olhe, mantenho aquela réstia de esperança na humanidade e achei que não fossem levar o assunto para caminhos contrários (tonta, eu?).

      Eliminar
    2. AHAHAHAHAHAHAHAHAH
      Adorei a resposta ;D

      Eliminar
    3. A diferença a meu ver é mesmo a posição em que se encontra entende? Uma coisa é ser a senhora a falar com a família ou amigos ou conhecidos que sabem que não carrega maldade outra é ter uma função como a sua e proferir tal adjectivo com tantos outros melhores que existem.. Percebe a diferença?! Na minha opinião o seu nível de responsabilidade é um pouco maior do que o que demonstrou aqui!

      Eliminar
    4. Só para não me tornar repetitiva, o que escrevi mais abaixo também pode servir como resposta ao seu comentário.

      Eliminar
  20. Eu gosto, mas só um pequeno apontamento, nada de exageros

    ResponderEliminar
  21. Também não gosto Gata. Temos gostos muito parecidos.Faltou o look de hoje no instagram

    ResponderEliminar
  22. ontem atendi uma cliente que tinha, não conhecia fiquei a olhar um pouco ( a mulher deve ter percebido) mas até gostei.
    Mas não faria nenhuma...

    ResponderEliminar
  23. nem faço bem ideia do que falas mas tudo o q é tatuagens temporáriass geralmente soa-me Às que vinham no bolycao e outras coisas q tais xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agora que fala nisso....

      Eliminar
  24. Pois eu adoro, desde que, com a devida ponderação.

    ResponderEliminar
  25. Que horror... Uma pessoa já não pode ter opinião?
    Eu também não gosto nada. Jamais usaria isso.

    Maria Bem me Quer

    ResponderEliminar
  26. A moda por vezes somos nós que a fazemos :-)

    http://thelifestyleandfashion.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  27. Por acaso acho piada, mas não esse amontoado todo x)

    ResponderEliminar
  28. Detesto tatuagens ...não critico que as usa.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  29. Eu gosto mas sem exagero...uma aqui, outra ali, ou só uma e simples :)

    Beijinhos *
    http://xlittlebitof.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  30. eu q adoro coisas silver e gold, odeioooo essas cenas. pra ja, ja odeio tatuagens de tirar e por. talvez por ser tao amante das tatuagens, pra mim é pra sempre e pronto, mas tb pq acho q parece tao.. cheap?

    ResponderEliminar
  31. "Aciganado"??? Acho que tinhas o dever de arranjar um adjectivo a sério e ser menos preconceituosa... Não querida... Não é o blá blá blá dos haters, aliás tenho gostado do blog... Mas acho que tens de ter a consciência mais social porque estás a falar para "massas" e não para o teu grupo de amigas que sabe perfeitamente que não tens qq maldade no que dizes... Só uma opinião e bem precisas de publicar, fica entre nós..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Respeito a sua opinião, naturalmente. Mas sabe qual é a nossa diferença? Eu não carrego maldade no coração.
      O termo nada teve a ver com preconceito. Nada mesmo. Há ciganos bons e maus, como há pessoas de cor (já nem chamo "pretas" que é para não levarem para a ofensa), como há pessoas "brancas" boas e más. E é esta a minha visão em relação às raças. Nenhuma é mais ou menos, e em todas elas há tanto pessoas más como boas. Não preconceituosa!

      E é verdade. É difícil escrever para "massas", principalmente, quando não nos conhecem. Cada um interpreta à sua maneira e quando há tendência para ver maldade em tudo, só complica.

      Bom fim-de-semana.

      Eliminar
    2. Não é uma questão de ver maldade... É uma questão de poder que as nossas palavras têm entendes? Se estás a dizer "não gosto de tatoos tão aciganadas que parecem" estás a colocar um sentido negativo a um grupo minoritário e onde existe tanto preconceito! Quase poria as minhas mãos no fogo por ti uma pessoa tão bem formada como tu não me parece que tenha esse tipo de preconceito! Mas escreves para muita gente e muita gente preconceituosa que aproveita para olear o seu preconceito com essa frase ou então até uma menina de etnia cigana que até não gosta de tatoos e que fica indignada com esta tua citação.. Enfim... Pode incitar ao ódio.. E tu como pessoa do bem que és contornas essa possibilidade e usas um outro adjectivo! É apenas uma opinião minha...

      Eliminar
  32. Uma parolinha tipo Aerin Lauder, Carolina Herrera de Baez, Alexandra Ambrósio, Beyonce ou a Ana Garcia Martins.. Sei lá gente parola parola... Uma coisa é dizer não gosto outra é dizer parolo ou aciganado, note-se que são equivalentes (para esta blogger pelo menos)...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não gosto porque acho parolo. Posso?

      Aerin, Baez, Alexandra Ambrósio,…, até o Papa podia usar que ia continuar a não gostar. Não sou “Maria-vai-com-as-outras”, tenho opinião própria.

      Uma pessoa não pode ter uma opinião contrária que vêm logo de dedinho no ar “ai porque não gostas”, “ai porque disseste que era parolo”, “ai porque disseste que era aciganado” (e aqui até entendo que possa cair mal para algumas pessoas, mas lá está, eu sei o sentido que quis dar e estou de consciência tranquila, só leva para o lado errado quem vê maldade em tudo), “ai se as outras usam, porque é que tu não gostas?”, “ai que tu não gostas porque não tens gosto nenhum”. Menos, pessoas, muito menos.

      Pequena observação: A Alexandra Ambrósio, por exemplo, um mulherão de pessoa, não é uma pessoa parola. Pode ter o seu momento parolo, acho que todas nós temos o nosso momento parolo, mas não é por isso que ficará vista como a parola de serviço. É como que um ar que se nos dá.

      E já agora. Menos mesquinhez, por favor.

      Eliminar